Luca de Meo quer tornar Alpine numa espécie de “mini Ferrari”

By on 19 Outubro, 2020

Luca de Meo decidiu trocar a Seat pela Renault e rapidamente começámos a sentir as mudanças. Desde logo a equipa de Fórmula 1 vai mudar de Renault para Alpine em 2021, contudo, esta medida não vem “sozinha”. De facto, o recente CEO da marca gaulesa tem ambição e esperança de tornar a Alpine numa espécie de “mini Ferrari”. Se bem se lembra a Alpine estava “morta” até há pouco tempo com o renascimento do A110, uma homenagem ao passado. De Meo afirma que o A110 é um muito bom carro, mas que foi feito para um nicho muito específico e, por isso, não se vende.

Mas qual é afinal o plano de Luca De Meo para a Alpine? Para já parece que a fábrica de Dieppe vai ter bastante importância no futuro por criar produtos de forma “quase artesanal”, algo raro em construtores de massas. A isto quer unir a engenharia da Renault Sport que mereceu elogios por parte de De Meo. Por fim, reconhece que está a pensar num modelo completamente novo para a Alpine, deixando de parte o contexto histórico, mas sim projetado para o futuro. Curiosamente, o site Car And Driver tocou num ponto crucial ao questionar, ao responsável pelo nascimento da Cupra como marca independente, se iria repetir a fórmula do Formentor, um modelo exclusivo da marca para distanciar da Seat. A esta pergunta De Meo foi assertivo e afirmou que “vou fazê-lo melhor”. Quererá isto dizer que vamos assistir ao lançamento de um SUV Alpine? Só o tempo o dirá.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)