Manny Khoshbin mostra-nos quanto custa manter cinco SLR McLaren

By on 9 Dezembro, 2020

Quando se fala em supercarros, grande parte das pessoas só olha para o preço do mesmo na hora de comprar. Porém, há toda uma “avalanche” de contas verdadeiramente dispendiosas só para os manter. Como há poucas pessoas a falar sobre isso, Manny Khoshbin, empresário com uma das coleções mais fantásticas do mundo, decidiu lançar um vídeo em que explica quando custa manter, não um, não dois, mas cinco SLR McLaren.

O empresário começa por referir que cada SLR tem de fazer dois serviços diferentes. Ele caracteriza-os por serviço A e serviço B, sendo que o primeiro é de ano a ano e o segundo de dois em dois anos. Quanto a valores, o serviço A é de aproximadamente 5000 dólares por carro, enquanto o B salta para os 8000 dólares. O multimilionário refere ainda que este segundo serviço demora cerca de 30 horas a completar e, para piorar a situação, as cinco unidades estão a precisar de realizar esse serviço. Ou seja, em menos de nada, Khoshbin vai gastar 40 mil dólares, o equivalente a 33 107 euros.

Mas será que os gastos ficam por aqui? Claro que não. No vídeo em baixo, Manny afirma que a cada cinco anos os SLR McLaren têm de ir mudar as velas, no entanto, o processo é extremamente complexo visto que os técnicos da Mercedes têm de retirar o motor V8 de 5.4 litros. Ele refere ainda que se for necessário substituir o capot, é necessário pagar mais 75 mil dólares visto que são feitos em fibra de carbono.

Outro problema que, muito sinceramente, até chega a ser curioso, é que todos os cinco SLR têm de ser conduzidos, coisa que Manny não tem tempo devido ao elevado número de supercarros que possui. O multimilionário aprendeu isto da pior maneira. Após sete meses parado, uma das unidades começou a apresentar problemas na primeira volta após esse período. Depois de o levar à oficina da Mercedes disseram-lhe que tinha de trocar os injetores. Só a substituição dos mesmos custou 24 mil dólares.

Em suma, Manny Khoshbin mostrou-nos duas coisas. A primeira é que não basta ter “toneladas” de dinheiro para comprar supercarros, é preciso ter capacidade de os manter. Tendo em conta que são extremamente raros, os serviços são, naturalmente, bem mais dispendiosos. Por fim, não basta ter o carro na garagem para mostrar aos amigos, é necessário conduzi-los ou então vai acabar com ainda mais despesas.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)