Mercado automóvel italiano: estes foram os modelos mais vendidos em 2020

By on 7 Janeiro, 2021

Não há um único país europeu e respetivas indústrias que possa dizer que não sofreu com os efeitos da pandemia, mas Itália foi claramente um dos piores. O mercado automóvel caiu 27,9% relativamente a 2019, o que representa cerca de meio milhão de carros de diferença.

Com a divulgação destes resultados globais, ficou-se igualmente a saber quais os modelos mais vendidos. Não é de estranhar que o pódio seja todo ele composto por modelos italianos ou que no top 5, quatro sejam carros ali nascidos.

Começando pelo décimo lugar, o Dacia Sandero foi batido em cerca de 1000 unidades pelo Citroën C3, francês que por pouco não ficou com o oitavo lugar do conterrâneo Renault Captur. Em sétimo lugar, a Toyota colocou o seu Yaris e logo acima dele surge um modelo da FCA, o Jeep Renegade.

Entrando nos cinco primeiros classificados, quase se justifica o hino italiano para os anunciar. O pequeno 500 fica com o quinto lugar com as suas 31 409 unidades matriculadas, aproximando-se das 31 653 do Renault Clio, o único não italiano do top 5.

O FIAT 500X garantiu o terceiro lugar com 31 831 unidades vendidas e logo acima dele surge um símbolo com futuro, infelizmente, incerto, o da Lancia. O Ypsilon vendeu 43 033 unidades em 2020 e só foi batido pelo primo FIAT Panda, um nome com 40 anos de história e com um registo impressionante de 110 465 unidades vendidas.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)