Preço Combustíveis para a próxima semana: Gasóleo desce e gasolina sobe
Conheça a nova motorização híbrida dos modelos C4 e C4 X da Citroën

Mercado automóvel na Europa continua a crescer, Gasolina e híbridos são os mais escolhidos

By on 21 Novembro, 2023

O mercado europeu continua a dar sinais de crescimento e no mês de outubro, segundo a ACEA (Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis), voltou a sentir-se um crescimento face ao mesmo período de 2022.

Este foi o décimo quinto mês consecutivo de crescimento, com aumentos percentuais de dois dígitos em três dos maiores mercados: França (+21,9%), Itália (+20%) e Espanha (+18,1%). No entanto, o mercado automóvel alemão registou um aumento mais modesto mais modesto, de 4,9%.

Em 2023, até agora, os registos de automóveis novos aumentaram 16,7%, totalizando quase nove milhões de unidades. Todos os mercados cresceram durante este período de dez meses, com exceção da Hungria. Os quatro maiores mercados: Itália (+20,4%), Espanha (+18,5%), França (+16,5%) e Alemanha (+13,5%) contribuíram para esta tendência positiva.

Os carros a gasolina continuam a ser o mais escolhidos, com 33,4% dos veículos comercializados a usarem esse tipo de combustível, com os Híbridos a ocuparem confortavelmente a segunda posição (28,6%). A fechar o top 3, os elétricos a bateria, com 14,2%, à frente dos diesel (12%). Os Plug-in Hybrid continuam longe, com 8,4%.

As novas matrículas de automóveis elétricos a bateria na UE aumentaram significativamente, crescendo
36,3%, atingindo 121 808 unidades. Vários mercados contribuíram para esta expansão com aumentos percentuais de três dígitos com aumentos percentuais de três dígitos, nomeadamente a Bélgica (+147,3%) e a Dinamarca (+100,7%). Após um abrandamento em setembro, a Alemanha – o maior mercado de automóveis elétricos a bateria – cresceu modestamente (+4,3%) em outubro. O volume acumulado no ano ascende assim a 1,2 milhões de unidades, um aumento notável de 53,1% em relação ao ano passado e uma quota de 14% do mercado automóvel da UE durante o período de dez meses.

As novas matrículas de automóveis híbridos-elétricos na UE aumentaram 38,6% em outubro, impulsionadas por crescimento substancial nos três principais mercados da região: Alemanha (+57,9%), França (+40,1%) e Itália (+28%). Este facto contribuiu para um aumento acumulado de 29,8%, totalizando 2,2 milhões de unidades vendidas nos primeiros dez meses, o que representa mais de um quarto do mercado.


As vendas de automóveis híbridos elétricos de Plug-in diminuíram 5% em relação ao ano anterior, para 72 002 unidades no mês passado. Apesar dos notáveis aumentos registados na Bélgica (+70,2%) e em França (+34,2%), estes não foram suficientes para (+34,2%), não foi suficiente para compensar o declínio da Alemanha (-49%), o maior mercado desta fonte de energia. Por conseguinte, a quota de mercado
A quota de mercado dos automóveis híbridos plug-in diminuiu de 10,2% para 8,4% em outubro.

Em outubro de 2023, o mercado de automóveis a gasolina da UE cresceu 8,1%, embora a sua quota de mercado tenha diminuído de 35,4% para 33,4% em comparação com o mesmo período do ano passado. O aumento significativo aumento significativo das vendas nos principais mercados do bloco, incluindo Itália (+21%), França (+17,4%), Espanha (+17,4%), Espanha (+7,7%) e Alemanha (+7,5%), contribuiu para este aumento.


Por outro lado, o mercado de veículos a gasóleo da UE continuou a diminuir em outubro, com uma redução de 13,2%. Este declínio foi evidente na maioria dos mercados do bloco, incluindo os quatro maiores: França (-29,4%), Espanha (-20,2%), Alemanha (-4,6%) e Itália (-3,7%). Os veículos a gasóleo têm atualmente uma quota de mercado de 12%, contra 15,9% em outubro do ano passado.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)