Sinistralidade: Portugal em quinto no ranking das estradas mais perigosas da Europa
Opel: Subida de 23% nas vendas colocou marca no top 10 em Portugal

Mercado automóvel nacional continua a crescer face a 2022

By on 5 Dezembro, 2023

O mercado automóvel nacional continua a dar sinais positivos, apesar da difícil conjuntura em que nos encontramos. A cada vez maior exigência sobre as famílias, devido à inflação elevada, não tem impedido o mercado nacional de continuar a sua tendência de crescimento. Em termos globais, de janeiro a novembro de 2023, o mercado registou um crescimento de 27,8 por cento face a igual período do ano anterior. No entanto, se compararmos o período homólogo de 2019, registou-se uma queda de 12,7 por cento.

Em novembro de 2023 foram matriculados em Portugal 19.439 veículos automóveis, ou seja, menos 1,0 por cento que no mesmo mês de 2019, mas mais 9,8 por cento quando comparado com novembro de 2022. Até ao final do mês de novembro, foram colocados em circulação 215.220 novos veículos, o que representou uma diminuição de 12,7 por cento relativamente ao mesmo período de 2019, apesar da comparação com 2022 apresentar um aumento de 27,8 por cento.

Foram 15.769 automóveis ligeiros de passageiros novos que receberam novas matrículas, ou seja, menos 4,2 por cento que no mesmo mês do ano de 2019. Em comparação com novembro de 2022, o mercado registou um crescimento de 2,7 por cento. De janeiro a novembro de 2023, as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 182.988 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 11,6 por cento relativamente a período homólogo de 2019. Em comparação com o ano de 2022, o mercado registou um acréscimo de 28,6 por cento. No caso dos veículos ligeiros de passageiros movidos a energias alternativas os dados são apresentados no gráfico seguinte:

A nova mobilidade começa a chegar em força ao nosso país e os números mostram isso de forma clara. 51,2 por cento dos veículos ligeiros de passageiros matriculados novos eram movidos a outros tipos de energia, nomeadamente elétricos e híbridos. Em particular, verifica-se que 17,7 por cento dos veículos ligeiros de passageiros novos eram elétricos. Reportando-nos apenas ao mês de novembro, o peso dos elétricos ascendeu a 25,8 por cento do mercado.

O mercado de ligeiros de mercadorias registou, no penúltimo mês de 2023, uma evolução negativa de 9,4 por cento face ao mês homólogo do ano de 2019, situando-se em 2.606 unidades matriculadas. Quando comparado com o mesmo mês de 2022, verifica-se um crescimento de 54,5 por cento. Em termos acumulados, o mercado atingiu 25.218 unidades, o que representou um decréscimo de 25,9 por cento face ao ano de 2019 e um aumento de 22,5 por cento em comparação com o mesmo período do ano de 2022.

Quanto ao mercado de veículos pesados, o qual engloba os tipos de passageiros e de mercadorias, em novembro de 2023 verificou-se um aumento de 254,7 por cento em relação ao mês homólogo de 2019, tendo sido comercializados 1.064 veículos desta categoria. Em comparação com o mesmo mês de 2022, o mercado registou um aumento de 60,5 por cento. Nos onze meses de 2023, as matrículas desta categoria totalizaram 7.014 unidades, o que representou um aumento do mercado de 28,4 por cento relativamente ao mesmo período de 2019 e um aumento de 26,6 por cento quando comparado com janeiro a novembro de 2022.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)