Mercado Automóvel Nacional volta a cair mais de 10% em outubro de 2020

By on 3 Novembro, 2020

Em outubro de 2020 foram matriculados 16 565 veículos automóveis (13 679 veículos ligeiros de passageiros) em Portugal, o que representa uma queda de 13% face a igual mês do ano anterior, segundo os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP). Estes números são problemáticos, principalmente após um mês de setembro em recuperação. Quanto ao período entre janeiro e outubro de 2020, foram colocados em circulação 143 733 veículos (119 339 veículos ligeiros de passageiros), o que indica uma perda de 36,3% quando comparado com o período homólogo em 2019.

“Portugal continua, assim, a ter uma das maiores quedas percentuais do mercado em toda a União Europeia. Esta situação é, ainda, mais problemática porque a proposta do Orçamento de Estado apresentada pelo Governo não tem qualquer medida de estímulo à procura, no nosso setor, tal como já fizeram os Governos espanhol, francês ou italiano”, alerta a ACAP.

No que diz respeito a vendas de automóveis ligeiros de passageiros por marcas, só há quatro a ultrapassar os 1000 carros matriculados em outubro de 2020. Assim, a Peugeot foi a que mais carros matriculou, 1661 veículos (-9,4% face a outubro de 2020), seguida da Renault com 1634 unidades (0,6%), Mercedes-Benz chegou aos 1557 veículos (9,6%) e BMW com 1053 unidades (-14,6%). Tal como mostram as percentagens, tanto a Renault como a Mercedes conseguiram um resultado melhor quando comparado com igual período em 2019, mas há, igualmente, outras marcas que merecem destaque pelos resultados conseguidos. É o caso da Audi que cresceu 27,1% face a outubro de 2019 (371 unidades matriculadas), A Skoda com 60,2% (165 unidades), Land Rover chegou aos 51,4% (53 unidades), Alfa Romeo com 385,7% (34 unidades) e Ferrari com um crescimento de 150% (5 unidades). Tirando as marcas em cima mencionadas, todos os outros fabricantes registaram perdas.

Entre janeiro e outubro de 2020, as cinco primeiras marcas continuam a ser as mesmas. De facto, a Renault segue como marca que mais vende em 2020 ao atingir 14 670 unidades (-40,8% face a igual período em 2019), seguida pela Peugeot com 13 170 unidades (-34,6%), a Mercedes-Benz fecha o pódio com 11 846 matriculas (-16,1%), a BMW em quarto com 8331 veículos (-26,5%) e a Citroën fecha o Top 5 com 6906 carros entregues (-44,3%).

Fonte: ACAP

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)