Mercedes revela frente e traseira do EQ C

By on 31 Agosto, 2018

Mercedes-Benz is flipping the switch | Rear Detail

Mercedes-Benz is flipping the switch: On September 4th, we will present our first all-electric Mercedes-Benz model of our new EQ brand. Here's a design detail of the rear. #switchtoEQMore about EQ here: mb4.me/MercedesBenz_EQ

Gepostet von Mercedes-Benz am Dienstag, 28. August 2018

Será revelado no dia 4 de setembro, mas a Mercedes-Benz, muito ativa nas redes sociais, lançou um par de vídeos no Instagram e no Facebook, revelando a frente e a traseira do novo modelo da submarca elétrica da Mercedes, EQ.

A revelação será feita em Estocolmo, estará lado a lado com o novo GLC no Salão de Paris e exibe algumas nuances de estilo que podem marcar o design da marca EQ. No vídeo que pode ver e que foi lançado no Facebook e no Instagram, a traseira exibe um detalhe de estilo que começa a ser comum, uma barra de luz a lugar os farolins traseiros por baixo do óculo, No caso do EQ C, a frente também tem essa barra de luz colocada acima da estrela da Mercedes, ligando os faróis. Se a primeira, como referimos, é comum em vários modelos, já a barra da frente é uma novidade. No interior, a Mercedes trouxe o interior do Classe A e terá, também o MBUX, o sistema que fala consigo e quando as coisas não correm bem tem desabafos como “este não é o meu dia”…

Tal como outras marcas fizeram, a Mercedes usou o desenvolvimento de outros projetos para acelerar a maturidade do projeto EQ, com a casa alemã a usar os testes reais para, através dos modelos de ensaio, divulgar a marca e promovendo a troca para a mobilidade elétrica com a hashtag #switchtoEQ.

A Mercedes chega a esta arena depois de alguns rivais importantes como a Tesla com o Model X, a Jaguar com o i-Pace e a Audi que está quase a lançar o e-tron.

Quanto ao modelo em si, a versão final será mostrada no próximo ano para começar as vendas em 2020, será maior que um GLC e o modelo tem como inspiração o protótipo EQ revelado no Salão de Paris de 2016. A utilização de dois motores elétricos oferecerá uma potência superior a 400 CV (mais que o AMG GLC 43 que tem 370 CV) e uma estrutura feita em aço e alumínio, assegurará um peso inferior ao esperado para este tipo de veículo. O modelo terá tração integral, mas contará com uma instalação elétrica que permitirá desviar potência mais para um ou para o outro eixo, sem comprometer a performance e sem usar complexos esquemas mecânicos.

As baterias estão no solo do carro e como são muitas e pesadas, levas o EQ C até ás duas toneladas. Ainda assim suficiente para um 0-100 km/h em menos de cinco segundos e uma autonomia que toca os 500 quilómetros.

O Mercedes EQ C será muito parecido ao GLC, naturalmente, mas algumas nuances em termos de aerodinâmica e de necessidades de refrigeração para alguns componentes dão um cunho diferente a este EQ C.

Após o EQ C, rapidamente surgirá o EQ A, modelo que foi antecipado num protótipo revelado no Salão de Frankfurt de 2017. Também ele estará à venda em 2020.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)