Mercedes revela novos E53 AMG Coupé e Cabriolet com 435 CV

By on 28 Maio, 2020

Os modelos AMG continuam a ser uma montra tecnológica e desportiva da Mercedes e o coupé do Classe E, bem como o Cabriolet, recebem os novos E53 4Matic+, com 435 CV e a frente com a grelha Panamericana, hoje um ícone da AMG.

Mas há mais novidades: o para choques dianteiro foi redesenhado e no interior foi dada uma maior proximidade com aquilo que é um automóvel AMG, como diz a Mercedes. Os ecrãs de generosas dimensões, o novo volante AMG Performance e o conhecido sistema MBUX (olá Mercedes!), fazem parte do arranjo interior do E53 AMG.

O motor é outra novidade, pois o bloco de 3.0 litros duplo turbo está eletrificado através de um motor de arranque/alternador da série EQ Boost e debita 435 CV e 530 Nm de binário. O sistema EQ Boost oferece mais 16 kW e 250 Nm de binário por um breve momento e alimenta o sistema elétrico de 48 volts, quando está a funcionar como alternador. Este sistema está ligado a uma caixa automática de 9 velocidades com tração integral AMG Performance 4Matic+. 

O carro tem jantes de liga leve de 19 polegadas (opção de 20 polegadas), oferece cores cinza grafite e azul magno e o pacote AMG Night. Este pacote oferece capas dos espelhos exteriores, molduras de vidros e elementos de revestimento dos para choques em preto brilhante. O Pacote Carbon II acrescenta detalhes como as capaz de espelhos e spoiler da tampa da mala em carbono.

Para maior emoção, o condutor poderá escolher entre três estilos do painel de instrumentos AMG: “Modern Classic”, “Sport” e “Supersport”. O modo “Supersport” tem um conta-rotações redondo central e informação adicional apresentada em perspetiva na forma de gráfico de barras nos lados esquerdo e direito do conta-rotações, criando uma impressão de profundidade. Através do menu AMG, o condutor poderá aceder a vários ecrãs especiais como “Engine Data”, o indicador de mudança selecionada, “Warm-up”, “Set-up”, “G-Meter” e “Racetimer”. Com indicações específicas da AMG como a visualização dos programas da transmissão ou os dados da telemetria.

O novo volante AMG Performance tem três raios duplos redondos pode ser encomendado com revestimento em pele, em microfibra ou combinação de pele e microfibra. O aro do volante está também equipado com uma tela sensorial para detetar as mãos do condutor no volante. Se o sistema detetar que o condutor não tem as suas mãos no volante durante um certo período de tempo, é iniciado um ciclo de aviso, que poderá terminar numa assistência de travagem de emergência se o condutor continuar a não reagir.

Os novos interruptores táteis são um novo equipamento que facilita o controlo. O painel de instrumentos é comandado através do painel tátil do raio superior esquerdo do volante, enquanto o ecrã multimédia é comandado através do painel tátil do lado direito. Os raios inferiores integram os controlos do sistema de controlo da velocidade de cruzeiro /Distronic (esquerdo) e o telefone/sistema mãos-livres/controlo do volume (direito).

Através das patilhas de mudanças metalizadas dispostas nos lados esquerdo e direito atrás do aro do volante, a caixa de velocidades AMG Speedshift TCT 9G pode ser comandada manualmente. Para um comando mais preciso da caixa de velocidades, as patilhas de mudanças têm agora dimensões ligeiramente superiores e encontram-se instaladas numa posição mais baixa. 

O carro tem cinco programas da transmissão “Slippery”, “Comfort”, “Sport”, “Sport+” e “Individual” do sistema Dynamic Select. Varia desde uma configuração eficiente e confortável a uma configuração desportiva, permitindo modificar parâmetros como a resposta do motor, o funcionamento da caixa de velocidades ou o comportamento da suspensão e da direção. Se quiser sempre comandar a caixa em modo manual, basta pressionar o botão “M” e as passagens de caixa são realizadas exclusivamente através das patilhas de mudanças no volante. As regulações da suspensão também podem ser selecionadas especificamente conforme necessário.

Os novos modelos têm, ainda, o AMG Dynamic Select com três níveis de ação:  Basic, Advanced e Pro, que influem no ESP e no sistema de tração integral. Estas funções podem ser comandas diretamente do volante AMG. O AMG Ride Control+ controla a suspensão pneumática multicâmara com uma configuração desportiva do conjunto mola/amortecedor e o amortecimento continuamente ajustável ADS+ (Adaptive Damping System. Uma maior rigidez das molas, por exemplo, em curva e durante uma travagem, reduz efetivamente o adornamento da carroçaria. O amortecimento em cada roda é ajustado adequadamente em função da atual situação de condução e das condições da estrada. As características de amortecimento também podem ser pré-selecionadas em três modos, “Comfort”, “Sport” e “Sport+”, permitindo uma diferenciação significativamente mais percetível.

Finalmente, o E53 AMG 4Matic+ nas versões coupé e cabriolet, está disponível com o pacote AMG Dynamic Plus, como opcional, que agrupa equipamentos técnicos e visuais que anteriormente só estavam disponíveis nos AMG com o motor V8. Destacamos o programa da transmissão Race com Modo Drift. O volante AMG Performance passa a estar revestido com microfibra, integra botões para o rápido controlo dos programas da transmissão e da dinâmica do veículo. As pinças de travão vermelhas com inscrição AMG, nos eixos dianteiro e traseiro, destacam-se.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)