Mercedes vende 200 mil viaturas em setembro

By on 9 Outubro, 2018

As 202 819 unidades vendidas em setembro significaram um recuo de 8,2% face ao mês homologo de 2017. No balanço dos nove meses de 2018, a Mercedes vendeu 1 715 087 unidades, menos 0,1% em no ano passado.

A Mercedes já certificou toda a sua frota de modelos de acordo com o novo protocolo WLTP, o que acabou por afetar o desempenho, reclama a casa alemã, das vendas que comparadas com setembro de 2017, o melhor mês de sempre, foram bastante inferiores.

Sem alterações esteve a liderança da Mercedes no semento Premium em mercados como Reino Unido, Itália, Rússia, França, Suiça, Portugal, Suécia, Turquia, Japão, Austrália, EUA e México, entre outros.

Na Europa, a Mercedes comercializou 91 609 veículos em setembro (-9,4%) e um total de 688.956 unidades nos primeiros nove meses do ano (-4,7%). Na Alemanha, foram entregues 22 780 automóveis no mês passado (-16,7%) e 217.943 no período de janeiro a setembro (-5,6%).

Na região Ásia-Pacífico, as vendas atingiram um novo recorde de 714 598 unidades nos primeiros nove meses (+8,1%), mas em setembro as vendas recuaram 4,4% para 75 414 unidades. Na China foi estabelecido um novo recorde em setembro, com vendas de 54 632 carros (+6,9%). Um total de 500.707 veículos foram entregues a clientes nos primeiros nove meses de 2018 (+13,1). Um resultado que ajudou as vendas da Mercedes.

No segmento de SUV, a Mercedes registou um recorde entre janeiro e setembro de 612 186 modelos. Nos últimos 10 anos, a Mercedes-Benz vendeu mais de 1,6 milhões de SUV em todo o mundo.

Nos primeiros nove meses do ano, a smart comercializou mais de 96 mil veículos, um recuo de 4,2%. Em setembro foram vendidos 10 850 carros, uma quebra impressionante de 15%.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)