Meti gasóleo no meu carro a gasolina, e agora?! O AUTOMAIS ajuda!

By on 15 Abril, 2020

Nestes tempos conturbados que vivemos, andamos pouco de carro, mas a capacidade mental está deprimida e numa ida ás compras e para não deixar o depósito abaixo da reserva, vamos á bomba colocar uns litros de… gasóleo?!! Não!!!!!!! 

Calma! Primeiro, não desespere, batendo no peito “porquê, porquê eu?!!!”, não é caso para isso. Acontece nas melhores como nas piores famílias, as máscaras atrapalham e as luvas também não melhoram a coisa. E se usar óculos, as lentes embaciam, enfim, trocar as pistolas de abastecimento não é tão disparatado assim. Importante é saber o que pode fazer depois da asneira e não ficar a chorar baba e ranho ou sentado(a) no carro pronto(a) a fazer “Harakiri”. O AUTOMAIS ajuda!

Afinal, o que acontece quando colocamos gasóleo num carro a gasolina? A gasolina exige um valor de octanas entre 87 e 91, sendo que a octanagem da gasolina dita a sua resistência à auto-ignição. Esta auto-ignição é péssima para o motor e por isso mesmo é que os motores de maior performance exigem gasolina com mais octanas e os carros de competição mais ainda. Já agora, a auto-ignição dá-se quando a mistura ar-combustível detona prematuramente antes de completado o ciclo Otto (admissão, compressão, combustão e escape). Pode ser grave para a saúde do motor.

Portanto, um motor a gasolina está feito para usar combustível com elevado teor de octanas. O gasóleo tem um nível de octanas entre 25 e 30. Pois é, menos de metade da gasolina. Já está a ver, não é: se colocar 1 litro de gasóleo e tiver 30 litros de gasolina no depósito, a contaminação é pequena, as coisas podem até correr bem e o motor “tossir” um pouquinho, mas não ficarem sequelas. Porém, esse mesmo litro num depósito na reserva (vê porque não deve andar com o depósito na reserva?!) já provoca uma pandemia de gasóleo no sistema de alimentação e pode danificar partes do motor. Caso se tenha distraído a olhar para algo que não devia e “aviar” uns 40 euros de gasóleo para dentro do depósito, nem se atreva a colocar o motor em funcionamento. Chame a assistência em viagem e prepare-se para dizer adeus ao combustível e a mais algumas notas de euro para lhe despejarem o depósito e limparem o sistema de alimentação. Se colocar o carro a funcionar, a fraca mistura vai alterar a combustão e poderá danificar muito ou pouco, depende do tempo de funcionamento, as câmaras de combustão, válvulas, bomba de gasolina e sistema de limpeza dos gases de escape, para além da gordura do gasóleo entupir os injetores. Já fez as contas? Portanto, veja lá se não trocar as pistolas e não se distrai a olhar para onde não deve, está bem? 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)