Mini Countryman recebe novidades no estilo e no conteúdo

By on 28 Maio, 2020

O modelo só vai chegar no final do ano, mas a Mini já revelou as fotos e os detalhes do renovado Countryman.

Num primeiro olhar percebemos a renovação feita na grelha e os novos faróis LED, os para choques redesenhados à frente e atrás, as jantes novas e a réplica da “Union Jack” nos farolins traseiros como sucede com alguns Mini.

Há uma paleta de cores diferentes e um pacote de revestimentos exteriores que troca os cromados por destaques em preto brilhante nos faróis, grelha e puxadores das portas.

No interior, o volante está forrado em pele e há um novo painel de instrumentos digital, opcional, além do ecrã central passar para 8,8 polegadas. O sistema de info entretenimento está agora disponível, em algumas versões, com a ajuda da assistente virtual Alexa da Amazon. Dois novos pacotes de equipamento opcional que foram os bancos com dois tipos diferentes de couro.

Segundo a Mini, debaixo do capô os motores foram atualizados para “alcançarem um ainda maior equilíbrio entre consumo de combustível e a diversão ao volante.” Os modelos a gasolina têm filtros de partículas, enquanto os blocos de quatro cilindros têm o coletor de escape integrado na cabeça do motor, otimizando a refrigeração dos gases de escape e do sistema de sobrealimentação.

A gama de motores começa com o Mini One Countryman (102 CV; 180 km/h; 12,0 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 5,9 a 5,6 l/100 km e emissões de 134 a 127 gr/km de CO2), seguindo-se o Mini Cooper Countryman (136 CV; 205 km/h; 10,1 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 5,9 a 5,6 l/100 km e emissões de 135 a 129 gr/km de CO2) e o Mini Cooper Countryman ALL 4 (136 CV; 205 km/h; 10,1 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 6,1 a 5,9 l/100 km e emissões de 140 a 134 gr/km de CO2). Seguem-se o Mini Cooper S Countryman (178 CV; 225 km/h; 7,5 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 6,1 a 5,9 l/100 km e emissões de 148 a 144 gr/km de CO2), o Mini Cooper S Countryman ALL4 (178 CV; 222 km/h; 7,3 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 6,5 a 6,2 l/100 km e emissões de 149 a 142 gr/km de CO2) e o Mini Cooper SE Countryman ALL4 Hybrid (224 CV; 196 km/h; 6,8 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 2,0 a 1,7 l/100 km e emissões de 45 a 40 gr/km de CO2).

A gama diesel oferece o Mini One D Countryman (116 CV; 192 km/h; 11,2 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 4,4 a 4,1 l/100 km e emissões de 116 a 107 gr/km de CO2), o Mini Cooper D Countryman (150 CV; 214 km/h; 11,2 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 4,4 a 4,2 l/100 km e emissões de 116 a 110 gr/km de CO2) e o Mini Cooper D Countryman ALL4 (150 CV; 211 km/h; 9,0 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 4,8 a 4,6 l/100 km e emissões de 127 a 121 gr/km de CO2). Finamente, os Mini Cooper SD Countryman (190 CV; 226 km/h; 7,9 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 4,5 a 4,2 l/100 km e emissões de 117 a 111 gr/km de CO2) e o Mini Cooper SD Countryman ALL4 (190 CV; 224 km/h; 7,6 segundos dos 0-100 km/h; consumo de 4,8 a 4,6 l/100 km e emissões de 127 a 121 gr/km de CO2).

Os motores são os mesmos de sempre, apenas renovados, com o ALL4 a exibir caixa automática de 8 velocidades. A Mini oferece caixa manual ou automática, a primeira com seis marchas, as segundas com seis ou sete, esta última sendo uma dupla embraiagem.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)