Mini vai deixar de ter interiores em pele na próxima geração

By on 2 Fevereiro, 2021

Numa altura em que a Mini se prepara para a próxima geração de veículos, começam a ser traçados os primeiros planos para o futuro. Uma das medidas vai passar pelo fim da utilização de revestimento em pele no interior e quem o diz é Oliver Heilmer, líder de design da Mini. “Não precisamos mais de pele no futuro, porque não acreditamos que seja sustentável”, afirmou Heilmer em declarações citadas pela Autocar.

“Estamos totalmente convecidos de que teremos produtos modernos e de alto valor sem pele”, acrescentou. Assim, o futuro passa pela utilização de materiais reciclados nos Mini e, neste momento, Heilmer afirma que o tecido dos bancos vem inteiramente de materiais recuperados e o forro por baixo é 70% de elementos reciclados.

Estas declarações estão em linha com o dito por Bernd Körber em dezembro, que prometeu já para 2023 “o mais passo dos últimos 20 anos” na Mini. Revelou ainda que vamos ter um futuro da Mini com a inevitável eletrificação, mas com a manutenção do ADN histórico.

Fonte: Autocar

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)