Mitsubishi cancelou, indeterminadamente, o lançamento de novos modelos na Europa

By on 27 Julho, 2020

A nova estratégia da Aliança Renault Nissan Mitusibishi leva esta última a concentrar-se no mercado do sudoeste asiático, mas rentável e adaptável aos seus produtos.

O cancelamento não tem data para terminar, deixando no ar a ideia que a curto ou médio prazo, a Mitsubishi pode, mesmo, abandonar o mercado europeu. A ideia “Small but Beautifull” é a mola real de um programa de redução de custos fixos no valor de 20% nos próximos dois anos, mudando o foco para o continente asiático e promovendo o crescimento do lucro operacional ao reduzir ou acabar com os negócios de baixa rentabilidade.

A Mitsubishi tem uma quota de mercado no sudoeste asiático de 6,4%, muito maior que o 1% na Europa e os 0.,9% nos Estados Unidos. E para se perceber a diferença na rentabilidade, a Mitsubishi ganhou 53,5 mil milhões de ienes na Ásia (433 milhões de euros) contra 12,8 mil milhões de ienes (103 milhões de euros) em todos os outros mercados onde está representada.

Não espanta, assim, que a casa japonesa tenha congelado todos os lançamentos de novos produtos no Velho Continente, o que significa que não teremos direito às novas gerações da L200, do Outlander e do Spacestar. 

Não existe um prazo para acabar com este congelamento, mas há a certeza da Mitsubishi querer alcançar um crescimento sustentável até ao final de 2022, consolidando investimentos e apostando forte na geografia mais rentável. Portanto, é de crer que até ao final de 2022 não existam novidades e que a partir dessa data seja feita a escolha entre continuar no Velho Continente ou fechar as portas pura e simplesmente. O que é a situação mais provável, pois não havendo novos produtos, os atuais vão deixar de cumprir as normas de emissões e acabarão por ser retirados do mercado. O dano na imagem da marca será tal que não justificará manter o negócio aberto na Europa. Até porque não se pode dar ao luxo de fazer como a Nissan, de retirar produto e desenhar produto específico para a Europa, devido á sua dimensão económica. Portanto, tudo aponta para que a Mitsubishi, a marca que nos deu o Lancer Evolution e o Oulander PHEV, vão desaparecer da Europa.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)