É um mito urbano: Não, os carros elétricos não ardem mais que ‘os combustão’
McLaren 765LT pega fogo e acaba completamente destruído

Navio com 3.000 carros a bordo incendia-se à saída da Alemanha

By on 26 Julho, 2023

Segundo a Reuters e a Bloomberg, muitos veículos a bordo de um cargueiro em chamas ao largo da costa neerlandesa ficaram destruídos. Um membro da tripulação morreu e vários ficaram feridos na sequência do incêndio que deflagrou no navio, tendo muitos saltado borda fora para se salvarem.
O navio, Fremantle Highway, de 199 metros, registado no Panamá, tem (ou tinha) cerca de 3.000 veículos a bordo, rumava da Alemanha para o Egipto, mas incendiou-se junto à costa neerlandesa, ao pé da ilha de Ameland. O fogo pode demorar dias a ser controlado. A guarda costeira revelou no seu site que a causa do incêndio era desconhecida, mas um porta-voz da guarda costeira revelou à Reuters que o incêndio começou perto de um carro elétrico: “Os automóveis elétricos ardem tanto como os automóveis com motor de combustão, mas quando as baterias sobreaquecem e ocorre a chamada ‘fuga térmica’, a situação torna-se perigosa”, afirmou Uwe-Peter Schieder, mestre-marinheiro e representante da Associação Alemã de Seguros. “Uma reação química na bateria produz gases que a inflamam.”
Não se sabe se foi exatamente assim, mas o incidente foi o mais recente de vários incêndios registados nos últimos tempos em navios de transporte de automóveis.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)