Nova Volkswagen Multivan presta homenagem aos antecessores e estreia versão PHEV

By on 11 Junho, 2021

A Volkswagen revelou a nova Multivan, uma carrinha de passageiros que amplia a gama de Veículos Comerciais da Volkswagen e que pretende “seduzir” o tipo de cliente que precisa de um carro com vários lugares, mas com estilo. Esta que é a sétima geração do modelo, que substitui a Volkswagen Caravelle, recorre à plataforma MQB do Grupo Volkswagen e, por isso, beneficia de grande parte dos argumentos que podemos encontrar na gama de veículos ligeiros de passageiros da marca alemã.

Começando pelo exterior, vemos que a Volkswagen não esqueceu os antepassados e decidiu dar alguns detalhes que podemos encontrar, igualmente, na mítica Transporter T3 dos anos 80 como é o caso da pintura de dois tons. Ainda assim, o design é moderno ao recorrer a uma secção dianteira em linha com o revelado no Caddy e a faróis e farolins em LED. A Volkswagen indica ainda que esta nova geração da Multivan evoluiu no capítulo da aerodinâmica, um detalhe que também ajuda a carrinha a ser mais eficiente.

Passando para o interior, os 3124 mm de distância entre eixos beneficiam o espaço desafogado para sete lugares. No entanto, uma das grandes vantagens da nova Volkswagen Multivan é a possibilidade de modelar a disposição dos bancos em pouco tempo, com a segunda fila a conseguir rodar 180 graus. Ao centro, encontra-se uma consola que tem dois apoios que fazem de mesa e que se move por uma calha no centro do habitáculo. Relativamente à bagageira, a marca alemã anuncia uma capacidade de carga de 469 litros, valor esse que pode chegar aos 1844 litros com o retirar da terceira fila de bancos. Se tirarmos tanto a terceira como a segunda fila de bancos o espaço cresce para os 3672 litros.

No foro tecnológico, a Volkswagen Multivan beneficiar de grande parte dos argumentos encontrados na gama de veículos ligeiros de passageiros do fabricante alemão. Assim, não é de estranhar a inclusão de um painel de instrumentos digital de 10,25 polegadas, bem como, um ecrã central tátil com 10 polegadas onde são transmitidas as informações do sistema de infotainment.  

Por fim, a gama de motores é diversificada, mas o grande destaque é dado à motorização híbrida plug-in. A denominada eHybrid conjuga o motor 1.4 TSI a um propulsor elétrico, solução que confere uma potência combinada de 218 cv. Sendo híbrido plug-in, é possível circular apenas em modo elétrico com a Volkswagen a anunciar uma autonomia de sensivelmente 50 km graças à inclusão de uma bateria de 13 kWh instalada sob o piso do veículo. Se prefere as motorizações convencionais, vai encontrar, a gasolina, o 1.5 TSI com 136 cv ou o 2.0 TSI com 204 cv. A oferta Diesel é composta pelo motor 2.0 TDI de 150 cv.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)