Novo BMW M2 dará origem a uma gama de carros M compactos

By on 9 Março, 2020

Os responsáveis da BMW deram a luz verde para a produção do M2 de tração traseira, dando o pontapé de saída para uma gama compacta M que verá o nascimento de um M2 Gran Coupe e ainda um M1.

Chama-se G87 e chegará ao mercado em 2022, estará equipado com uma versão menos potente do seis cilindros 3.0 litros a gasolina que a divisão M está a ultimar e que estará no M3 e M4 depois da estreia no X3M e X4M.

A segunda geração do BMW M2 já recebeu a luz verde da administração da casa bávara, ficando por saber todos os detalhes, já que a utilização da versão S58 do bloco de seis cilindros não é, ainda, oficial. Mas o carro não deverá ter menos de 425 CV na versão “normal” e mais 20 CV na variante Competition, ultrapassando desta forma os 420 CV do bloco 2 litros da AMG colocado no Mercedes A45 S AMG.

A base para este M2 será a mesma da nova geração do Série 2 que, por sua vez, tem origem na plataforma que serve de base para a dupla BMW Z4/Toyota Supra.

Porque a necessidade de reduzir as emissões é premente, acredita-se que a divisão M estará a preparar uma série de motorizações com distintos patamares de eletrificação, pelo que o M2 poderá reservar uma surpresa neste particular. O carro terá caixa manual de seis velocidades e a opção por uma caixa automática de 8 velocidades –essencial se houver uma versão híbrida, desaparecendo a caixa de dupla embraiagem da BMW M – diferencial autoblocante Active M, para lá de todas as modificações típicas como a suspensão M e o endurecimento de barras estabilizadoras e ancoramentos ao chassis. As vias também serão alargadas, o que levará a alargamentos das cavas das rodas. O M2 não terá versão com tração integral.

Finalmente, a juntar ao M2, a BMW lançara o M2 Gran Coupe que será uma versão de quatro portas do M2 e, ainda, um mais potente Série 1 para rivalizar, diretamente, com o Mercedes A45. Sendo pouco evidente que a marca bávara utilize o nome M1, preferindo um nome como 1M ou outro qualquer, deixando o M1 para outras núpcias. Para já, o topo de gama do Série 1 é o M135i com 305 CV, pelo que o M1 ou 1M ou como se chamar terá de chegar a mais de 400 CV para fazer sombra ao Mercedes.

(na imagem, a versão CS do BMW M2 atual)

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)