Novo BMW X5 chega em Novembro

By on 6 Junho, 2018

A BMW apresentou o novo X5 (4ª geração). Com um visual mais robusto e apetrechado de nova tecnologia, o construtor alemão afirma que o novo SUV estabelecerá novos parâmetros em termos de conforto e requinte.

Exterior

Mantendo o design geral inalterado, a nova geração apresenta algumas modificações ao nível da estética exterior. Na dianteira, encontramos entradas de ar mais amplas e os faróis LED adaptativos fazem agora parte do equipamento de série, enquanto os novos Laserlight da BMW serão opcionais. Na traseira, a grande novidade está relacionada com o portão da mala, é agora composto por duas secções para facilitar o acesso ao interior, como opção, ambas poderão abrir e fechar automaticamente.

Assentando numa nova plataforma que será partilhada com o futuro X7, o novo BMW X5 apresenta dimensões superiores às do modelo que substitui, é 35 mm mais comprido, 32 mm mais largo e 11 mm mais alto. A distância entre-eixos também aumentou em 42 mm, o que encurtou os vãos.

Interior

O interior é caracterizado por dois grandes ecrãs de 12,3 polegadas, um serve de painel de instrumentos e o outro, associado ao sistema de infoentretenimento, está situado na consola central. Os ocupantes dianteiros beneficiarão de bancos aquecidos que poderão incluir ventilação e função de massagens. Apreciadores de música ficarão satisfeitos com a possibilidade de optar pelo sistema de som Bowers & Wilkins com 20 saídas e uma potência de 1.500 watts.

O equipamento de série inclui vários sistemas de assistência à condução, como por exemplo: monitor de ponto cego, assistente de faixa de rodagem, alerta de colisão dianteira e traseira, e detector de peões. Ao escolher o pacote Active Driving Assistant Profissional, o condutor beneficiará de sistemas adicionais como manutenção na faixa de rodagem (Lane Keeping Assist), ajuda à evasão de colisão (Collision Evasion Aid) e mudança automática de faixa de rodagem (Automatic Lane Changing).

Se for preciso levar mais passageiros, uma terceira fila de bancos estará disponível como opção a partir de Dezembro, estará associada a controlos eléctricos que permitirão deslizar, rebater e dobrar o encosto do banco traseiro convencional.

Motorizações e componentes mecânicos 

Após o lançamento, a linha de motores do novo BMW X5 incluirá três blocos de 3.0 litros e 6 cilindros, um a gasolina e dois diesel. A versão a gasolina xDrive40i debitará 335 cv de potência e 500 Nm de binário. Passando para as versões diesel, a xDrive30d, aquela que provavelmente será a preferida dos portugueses, produzirá 265 cv de potência e contará com um binário de 620 Nm. A versão topo de gama será representada pela M50d Performance, será a mais potente com 395 cv e 720 Nm.

Todas as versões disponibilizarão tracção integral através do sistema xDrive e estarão equipadas com uma caixa automática de 8 velocidades com conversor de binário.

Numa fase posterior serão adicionadas mais versões, incluindo uma híbrida plug-in composta por um bloco a gasolina de 2.0 litros combinado com um motor eléctrico para desenvolver uma potência total de 325 cv e um binário de 900 Nm.

Os amortecedores adaptativos do novo X5 permitirão aos ocupantes experienciar um elevado nível de conforto. No entanto, quem quiser uma opção superior poderá escolher a suspensão Profissional Adaptativa M com barras estabilizadoras activas e direcção integral. Adicionalmente, será possível optar por suspensão pneumática adaptativa, com a mais-valia de permitir baixar ou elevar a carroçaria até 4 cm.

A BMW disponibilizará um pacote todo-o-terreno representado pela já referida suspensão pneumática, protecções inferiores à frente e atrás, quatro modos de condução, instrumentação específica e um bloqueio de diferencial.

A quarta geração do BMW X5 chega ao mercado no mês de Novembro. Os preços ainda não foram revelados.

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!