Novo Mercedes-Benz Classe S está recheado de tecnologia

By on 2 Setembro, 2020

Depois de vários teasers chegou a hora de conhecer o Mercedes-Benz Classe S. O sedan de luxo foi revelado e trouxe com ele bastantes novidades. Começando por fora, a Mercedes decidiu modernizar a imagem com um capot maior, faróis e farolins em linha com o resto da gama e novas jantes. Para além disso, ganha um estilo menos “quadrado” com a linha do tejadilho a fluir até à traseira. Sem esquecer os puxadores das portas embutidos. De acordo com a Mercedes, o Classe S tem um coeficiente aerodinâmico de 0.22, o que o torna num dos carros mais aerodinâmicos da atualidade.

No interior as mudanças são bem mais radicais. Ao contrário do que seria de esperar o Classe S diferencia-se da restante gama ao não ter os dois ecrãs interligados no tablier. De facto, a Mercedes tem um ecrã central de 12,8 polegadas montado na horizontal que começa na consola central e segue até ao tablier. Também deve ter reparado que os botões físicos foram reduzidos ao mínimo possível, o que representa uma perda de 27 botões face ao antecessor. Assim, grande parte das funcionalidades são agora ativadas por voz ou no ecrã central.

Já o novo volante tem capacidade para reconhecer quando o condutor tira as mãos do mesmo, graças a dois sensores. Os bancos continuam a ser luxuosos revestidos a pele e oferecem ventilação, aquecimento e 10 funções de massagem distintas. Graças a uma distância de eixos superior, o espaço no interior é, igualmente, maior. Atrás existem ainda dois ecrãs opcionais que podem ser montados nas traseiras dos bancos dianteiros.

Relativamente a motores a Mercedes-Benz disponibiliza o Classe S, numa primeira fase de lançamento, com cinco opções. Começando na gasolina, encontramos o S450 que está equipado com o motor seis cilindros em linha 3.0 litros com 367 cavalos e 500 Nm de binário. O Sistema mild hybrid de 48V (EQ Boost) ajuda com mais 22 cavalos e 250 Nm de binário por breves períodos de tempo. A outra alternativa é o S500 que utiliza exatamente a mesmo motorização, porém, com 435 cavalos e 520 Nm de binário. Ambas têm tração integral 4Matic.

Se prefere um motor Diesel, o Mercedes-Benz Classe S também tem soluções para si. Neste caso falamos do seis cilindros em linha que pode assumir duas potências diferentes: 286 e 330 cavalos (350 d e 400 d, respetivamente).

Passando para a segurança, o S vem com praticamente todos os sistemas que se conhecem na Mercedes-Benz. Assim, a lista inclui travagem automática de emergência, cruise control adaptativo, E-Active Body Control, entre muitas outras. Por fim, ainda não sabemos quanto custa o Classe S, mas devem chegar aos concessionários na primeira metade de 2021.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)