Novo Nissan Qashqai estreia tecnologia e-Power na Europa

By on 18 Fevereiro, 2021

Desde o lançamento em 2007, o Nissan Qashqai representa mais de três milhões de vendas para a Nissan, o que demonstra bem a importância do modelo para a marca nipónica. Para além disso, é também um dos principais responsáveis pelo crescimento de procura por carroçaria SUV que ainda hoje é a principal tendência no mundo automóvel. Agora, o Nissan Qashqai chega à terceira geração e mantém a filosofia original do conceito, ou seja, garantir a versatilidade exigida num SUV com a tecnologia e eficiência de utilização.

Maior e moderno

Começando pelo exterior, o novo Qashqai está diferente do antecessor. Com recurso à plataforma CMF-C da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, garante um visual criado em Londres e pensado para cumprir as exigências do mercado europeu. Relativamente ao design, vemos alguns detalhes semelhantes aos apresentados no novo Juke. Na secção dianteira a grelha V-Motion é o principal ponto de destaque, ladeada pelos faróis “Boomerang” com tecnologia matrix LED. Atrás, o logo Qashqai passa para o centro da bagageira, logo por baixo do símbolo da Nissan, e a assinatura de luz apresenta uma nova forma.

No capítulo das dimensões, o Qashqai está maior em todas as direções. De facto, apresenta-se com mais 35 mm de comprimento, 25 mm de altura e 32 mm de largura, bem como, um crescimento de 20 mm na distância entre eixos, um detalhe que vai melhorar ainda mais a habitabilidade no interior. Quanto a personalização, os clientes vão encontrar, pela primeira vez, jantes de 20 polegadas e o Qashqai vai estar disponível com 11 cores de carroçaria e cinco combinações de dois tons.

Habitáculo tecnológico

Passando para o interior, o Nissan Qashqai está bastante diferente do que nos tem habituado. Nesta terceira geração, a marca nipónica atualizou por completo o habitáculo. Isto é visível pelo novo desenho de tablier e uma atenção especial, segundo a Nissan, à ergonomia. Tal como referimos em cima, o aumento da distância entre eixos permite, de acordo com o fabricante, aumentar o espaço para joelhos dos ocupantes traseiros em 28 mm para um novo total de 608 mm. No espaço para cabeça, tanto à frente como atrás, o aumento é de 15 mm.

Relativamente a tecnologia, encontramos um ecrã central de 9 polegadas com o sistema de infotainment NissanConnect que garante a conectividade ao smartphone através de Android Auto e Apple CarPlay e, neste último, a novidade de poder ser ligado sem fios. Em frente ao condutor surge um painel de instrumentos TFT com 12,3 polegadas completamente configurável. Mais acima, há um novo ecrã de head-up display com 10,8 polegadas que oferece o maior tamanho de imagem do segmento.

Motorizações eletrificadas

Debaixo do capot, o Nissan Qashqai vai contar apenas com motorizações eletrificadas. A oferta começa com o motor 1.3 litros a gasolina com tecnologia mild hybrid de 12V, disponível em dois níveis de potência: 138cv e 240 Nm de binário ou 156 cv e 270 Nm. Na primeira opção os clientes vão contar em exclusivo com a transmissão manual de seis velocidades e tração dianteira, enquanto na segunda surge em opção a nova transmissão automática Xtronic e tração integral.

Por outro lado, há a estreia na Europa do inovador sistema e-Power da Nissan. Este é composto pelo motor 1.5 litros a gasolina acompanhado por um motor elétrico que, em conjunto, debitam 188 cavalos e 330 Nm de binário. De um modo geral este carro denominado híbrido, conduz-se, segundo a Nissan, como um carro elétrico tradicional, sem os constrangimentos de ter de esperar horas para que o carro tenha a bateria completa. Basta fazer a habitual deslocação até à bomba de combustível.

Ainda ao nível mecânico, a nova plataforma CMF-C garante uma suspensão McPherson atualizada na dianteira, enquanto na traseira a configuração varia. Se o Qashqai for de tração dianteira, a suspensão é eixo de torção, nas variantes de tração integral está equipado com um sistema multi-link.

Segurança de última geração

Como seria de esperar, o novo Qashqai recebe a mais recente atualização de assistência à condução ProPilot. Esta é capaz de acelerar e travar o veículo durante a deslocação em autoestrada e, para além disso, permite acelerar o veículo até alcançar uma velocidade de cruzeiro predefinida e travar até aos 0 km/h em situação de trânsito. O SUV nipónica consegue ainda adaptar a velocidade consoante os limites impostos ao realizar a leitura dos sinais de trânsito.

Edição especial no lançamento

Nesta primeira fase de lançamento o Nissan Qashqai vai ser proposto numa edição especial denominada Premiere Edition. Com as encomendas já disponíveis e um preço base de 33 600€, a marca nipónica acrescenta que as primeiras unidades devem chegar aos clientes no início do verão.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)