Novo VW Amarok será feita a meias com a Ford

By on 29 Março, 2019

Já se sabia que a Volkswagen e a Ford tinham assinado um acordo de parceria para a condução autónoma, conhece-se agora mais detalhes e entre eles a colaboração entre as duas marcas para desenvolver o sucessor do Amarok.

A plataforma será a mesma da Ranger, começando a VW a poupar a partir daqui. Mas outros produtos, nomeadamente, comerciais, vão ser desenvolvidos entre as duas empresas. Mas o acordo abre a porta a outros veículos e tecnologias, tudo para reduzir os custos de produção e de desenvolvimento.

Um dos passos para essa colaboração próxima, foi dado pela VW que adquiriu uma posição no capital da Argo, a divisão da Ford para a condução autónoma, transformando-a numa “joint venture” para oferecer a mobilidade elétrica e autónoma.

Recordamos que a Ford já tinha adquirido a Argo AI (uma start-up localizada em Pittsburgh dedicada à condução autónoma) em 2017 e investido pornográfica quantidade de dinheiro. Os custos galopantes da mobilidade elétrica e da condução autónoma, obrigam as marcas a cair nos braços umas das outras, desesperadas em busca de investimento e de reduzir ou partilhar custos.

O investimento de 600 milhões de dólares na Argo deu novo fôlego à empresa, que irá receber nos próximos tempos 1,1 mil milhões de dólares da VW para o departamento de pesquisa e desenvolvimento, o mesmo que a Ford vai entregar á empresa.

Contas feitas a esta “joint venture”, a VW e a Ford, em termos de veículos comerciais, valem mais de 1.2 milhões de veículos, estando o mercado dos comerciais e das “pick-up” a crescer. Ou seja, esta poderá ser uma das melhores e mais rentáveis “joint ventures” europeias.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment