Obviamente despedido o responsável pela divisão de software do grupo VW

By on 15 Julho, 2020

Christian Senger, patrão da divisão de software do grupo Volkswagen, foi despedido depois dos problemas embaraçosos nesta área que os modelos como o Golf VIII e o ID.3 exibiram e alguns desaguisados com a empresa.

Antigo executivo da BMW, Senger era o responsável pela nova divisão de software do gigante alemão, tendo sido trazido para o grupo VW pela mão do CEO, Herbert Diess, como parte de uma reforma da empresa.

Christian Senger trabalhou no i3 da BMW e abandonou Munique para ir dar uma ajudinha à VW em Wolfsburg no desenho e construção da plataforma MEB dedicada a veículos elétricos, o pilar onde assenta toda a estratégia elétrica da Volkswagen.

Ora, estar no comando da divisão de software, nos dias que correm, é uma posição muito importante, pois quase tudo depende da capacidade de processamento dos diversos computadores instalados nos veículos de hoje. 

Ora, segundo o Handelsblatt, jornal alemão, os muitos e embaraçosos problemas sentidos com o software do Gold VIII e do ID.3 – que resultaram no adiamento do lançamento de ambos os modelos – dará direito à saída da divisão e do seu lugar no conselho de administração da marca VW. Isto numa altura em que Herbert Diess perdeu a liderança da marca VW, Andreas Renschler (ex-Mercedes) abandonou a Traton, a divisão de camiões do grupo VW e Stefan Sommer, antigo CEO da ZF, também deixou a sua posição de chefe de compras do grupo VW.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)