Opel Astra recebe nova transmissão

By on 30 Setembro, 2020

A Opel anunciou a chegada da nova transmissão automática de variação contínua (CVT). Associada ao motor a gasolina 1.4 litros turbo com 145 cavalos, tem como principal objetivo, de acordo com a própria marca, oferecer um desempenho linear e maximizar o conforto e economia. “Em cada ponto, a transmissão permite que a mecânica encontre o equilíbrio ideal em termos de eficiência de combustível, atenuação de ruídos e vibrações e capacidade de resposta do pedal do acelerador. Veículos de baixo peso e motores com binário máximo de 230 a 300 Nm são os mais adequados para transmissões de variação contínua. Com 236 Nm de binário e um peso bruto de 1350 kg, o novo Astra 1.4 é, por isso, uma proposta idea”, afirma Peter Naumann, Diretor Global de Programa e Engenheiro Chefe de Transmissões Automáticas.

“O princípio operacional é inteligente e simples. Ao contrário de uma transmissão automática convencional com conversor de binário e engrenagens planetárias, embraiagens e relações de caixa fixas, uma transmissão linear possui duas polias conectadas por uma correia metálica sob tensão. Entre as partes externas das polias há um eixo cónico, no qual assenta a correia. Ao adaptar continuamente o espaço entre as polias, alcança-se uma relação de caixa variável, pois a alteração da superfície de contato altera o diâmetro”, acrescenta Peter Naumann.

Por fim, de referir que este novo Opel Astra 1.4 Turbo com transmissão automática de variação contínua está disponível em ambas as carroçarias (Station Wagon e cinco portas), nos níveis de equipamento GS Line e Ultimate. O preço começa nos 29 310€.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)