Opel comemora os 30 anos da fábrica de Eisenach com um dia de portas abertas

By on 19 Setembro, 2022

A fábrica de Eisenach é a que tem produzido os modelos da Opel de maior volume desde 1992, e agora, foi o momento de abrir as suas portas parta comemorar o 30º aniversário.

Trinta anos depois da Opel ter chegado à zona da Turíngia, os modelos de maior produção da marca tais como algumas das gerações do Corsa, a primeira do Astra, mas também o Adam e, atualmente, o Grandland, deixaram esta unidade com um histórico fantástico de 3,7 milhões de unidades produzidas, que, obviamente, merece ser comemorado.

Para isso, a Opel abriu as portas da fábrica durante um dia, para que todos os clientes, entusiastas e famílias a pudessem visitar e assistir aos mais variados processos de construção. Entre as mais variadas individualidades presentes, estiveram o primeiro-ministro da Turíngia, Bodo Ramelow, e o CEO da Opel, Florian Huettl.

Eisenach sempre representou a história viva e o desenvolvimento progressivo. Isto é demonstrado pelo Wartburg como um marco histórico, bem como a produção automóvel. Após a reunificação, a Opel foi um dos primeiros fabricantes de automóveis da Alemanha Ocidental a envolver-se nos novos estados federais e fê-lo com grande sucesso. Hoje, a fábrica pode olhar para trás, para 30 anos de história e 3,7 milhões de veículos que saíram da linha de produção. As muitas empresas da indústria automóvel são um fator económico importante e a fábrica em Eisenach, em especial, encarna o facto de que o futuro na Turíngia tem tradição“, disse o primeiro-ministro Bodo Ramelow.

O CEO da Opel, Florian Huettl, afirmou: “Com a nova fábrica em Eisenach, a Opel reforçou a região naquela altura e revitalizou um dos locais mais tradicionais da indústria automóvel alemã. Desde então, os ‘best-sellers’ têm sido produzidos aqui em qualidade de primeira classe, uma qualidade quase proverbial de Eisenach“. Ao mesmo tempo, a fábrica está apta para o futuro. “Com o Grandland híbrido ‘plug-in’, um modelo eletrificado está a rolar para fora da linha de produção na Turíngia pela primeira vez“.

Entre as mais variadas atividades da visita estiveram exposições como a que foi organizada pela Opel Classic e mostrou alguns dos marcos mais importantes dos 160 anos de história da Opel. Além disso, houve também a oportunidade de efetuar test-drives ao Granland, produzido em Eisenach, mas também ao Mokka-E e ao novo Astra.

Para dar um pouco mais de cor ao evento, o corpo de bombeiros da fábrica apareceu com o seu exclusivo Rocks-e de cor vermelha e na oficina de pintura estava uma carroçaria para ser pintada com diversas cores. Em conjunto com diversas atividades para os mais novos, a Opel fez deste dia de visita à fábrica, um verdadeiro dia de família.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)