Peugeot 2008 já pode ser encomendado a partir de 21.500€, chega em janeiro

By on 13 Dezembro, 2019

O AUTOMAIS/AUTOSPORT está na apresentação internacional do novíssimo Peugeot 2008, carro que já pode ser encomendado com a comercialização oficial a começar no dia 13 de janeiro. O primeiro ensaio pode ler amanhã no seu sítio de internet.

O 2008 está construído na mesma base do 208 e faz parte do “Unboring the Future” (desaborrecer o futuro) e do “Exciting choice”. O primeiro é alcançado através de um estilo musculado do mais belo efeito, o segundo oferece-lhe a possibilidade de escolher o 2008 que quiser, seja a gasolina, gasóleo ou puramente elétrico.

Para a Peugeot, o 2008 é um “objeto escultural e de desejo” e isso é confirmado nas fotos e ao vivo. Tal como sucede com o 208, o 2008 é musculado na medida certa e, sim é verdade, o carro é muito bonito e atraente. Todos os detalhes do 208 estão presentes e desde os “dentes de leão” às garras nos farolins traseiros, tudo contribui para num estilo delicioso, rubricado pelas jantes de liga leve de 18 polegadas. Pode, depois, optar pelo tejadilho bicolor e pela personalização.

No interior, estamos perante a mesma receita do 208, ou seja, o i-Cockpit 3D (do melhor efeito, diga-se) com decoração a mudar consoante o nível de acabamento. Com o comprimento a crescer, o 2008 tem uma habitabilidade fantástica (distância entre eixos de 2,6 metros) e uma bagageira com 434 litros, mesmo na versão elétrica. Quanto à modularidade, é assegurada por um piso duplo (duas posições), consoante as versões, que oferece um piso quase 100% plano após o rebatimento dos bancos traseiros.

Os espaços de arrumação a bordo permitem colocar e guardar todos os objetos do dia-a-dia: bolsas nas portas, um porta-luvas juntam-se um amplo espaço de arrumação sob o apoio de braço central dianteiro e um outro à frente da alavanca das velocidades. Por fim, um espaço de arrumação mais pequeno, na zona inferior da consola central, que também acolhe a útil base de carregamento por indução que com a tampa aberta, pode acolher um smartphone.

O teto de abrir opcional oferece uma luminosidade, e a sua abertura para o exterior mantém a habitabilidade e o espaço ao nível da cabeça nos lugares traseiros. O interior oferece ainda um ecrã flutuante que pode chegar às 10 polegadas, que serve o sistema de info entretenimento.

Os equipamentos e as ajudas à condução são herdados dos segmentos superiores. O arsenal tecnológico não deixa de impressionar: Drive Assist, que combina regulador de velocidade adaptativo com função Stop & Go com a caixa automática EAT8; Park Assist, que gere automaticamente a direção para entrar e sair de um lugar de estacionamento, com apenas 60 cm de espaço entre os veículos, depois de estacionado; travagem automática de emergência de última geração, que deteta peões e ciclistas, de dia e de noite, de 5 km/h a 140 km/h; alerta ativo de transposição involuntária de faixa (ou do limite); alerta de atenção ao condutor, aconselhando, se necessário uma pausa na condução; comutação automática dos máximos; reconhecimento alargado de sinais de trânsito (sentido proibido, stop), com recomendação para os sinais de velocidade, vigilância de ângulo morto, travão de estacionamento elétrico. Compatibilidade MirrorScreen, que inclui a Apple CarPlay e Android Auto.

Além da recarga por indução, há, consoante as versões, até 4 fichas USB (2 à frente, incluindo um USB–C, e 2 atrás). A navegação 3D TomTom Traffic tem sistema atualizado de comandos por voz. A Focal fornece o sistema de som Premium, como já tinha feito para os 3008, 508 e 5008.

O 2008 tem três modos de condução, Eco, Normal, Sport e em determinadas versões está disponível o “Grip Control”, associado ao sistema de controlo de descida (HADC). A eficiência esteve no centro do desenvolvimento do 2008. Por exemplo, todos os motores contam com entradas de ar pilotadas, jantes com fluxo de ar orientado e revestimentos inferiores (sob o piso), soluções que permitem otimizar a aerodinâmica.

Quanto à gama oferecida, tem 4 níveis de equipamento: Active, Allure, GT Line e GT,

As versões topo de gama GT Line e GT apresentam equipamentos específicos: faróis Full LED com assinatura luminosa com 3 garras; jantes em alumínio de 18’ diamantadas, habitáculo com detalhes específicos: revestimento do tejadilho em preto, costuras na cor “Adamite”, iluminação do ambiente, bancos dinâmicos, pedais em alumínio.

A versão elétrica tem uma potência de 136 CV e um binário de 260 Nm, e graças à bateria de grande capacidade de 50 kWh dá uma autonomia de 320 km (protocolo WLTP). A bateria tem uma garantia de 8 anos ou 160.000 km para 70% da sua capacidade de carga.

Há dois modos de regeneração da energia de travagem: Drive (“D”), a recuperação é normal, para uma condução em tudo semelhante à de um veículo a gasolina ou diesel;

Brake (“B”), permite desacelerações controladas a partir do pedal do acelerador. As baterias estão implantadas de forma otimizada no piso, solução que garante uma habitabilidade e um volume de bagageira idênticos aos das versões térmicas.

Quanto aos tempos de carregamento em função das potências disponíveis, são os seguintes: 16h para uma carga completa com uma tomada normal através de um cabo de recarga fornecido para o efeito; entre 5h e 8h para uma carga completa com uma WallBox (trifásica de 11 kW ou monofásica de 7,4 kW); 30 minutos para recuperar 80% da bateria através de um carregador público de 100 kW. Dizer que a regulação térmica da bateria permite utilizar este tipo de carregadores.

A Peugeot oferece, também, a carga diferida programável: a partir do ecrã de navegação ou a partir de um smartphone com a aplicação MyPeugeot. Este último sistema também permite iniciar ou parar a carga a qualquer momento, assim como consultar o estado da carga à distância. Para um conforto térmico ao melhor nível a Peugeot desenvolveu uma resistência calorífica de 5 kW, alimentada pela bateria de tração, que assegura o aquecimento do habitáculo de alta tensão, e uma uma bomba de calor e regulação automática da temperatura do habitáculo, ambos adaptados para um consumo energético otimizado.

A casa francesa oferece três serviços logo desde o lançamento: Easy-Charge, Easy Move e Serenity. O primeiro facilita o acesso a diferentes soluções de carga com uma gama de soluções adaptadas às necessidades dos utilizadores. Em casa ou no escritório, uma vasta gama de equipamentos (tomada reforçada, Wallbox, Smart Wallbox, etc) associada a um diagnóstico de avaliação da instalação elétrica, permitirá definir a melhor solução de carga. A instalação final é assegurada pela Peugeot. Paralelamente, estará disponível futuramente uma oferta de postos de carregamento públicos através do Free2Move Services. Um sistema de cartão para carregamentos dará acesso a uma rede de mais de 85 mil postos em toda a Europa. A pré-selecção dos postos baseia-se na distância, velocidade e preço do carregamento. A navegação conectada encarregar-se-á da condução até ao posto selecionado.

O segundo garante a mobilidade, sendo uma ferramenta para planear e organizar viagens através do Free2Move Services. Finalmente, o Serenity, que acompanha os utilizadores ao longo da vida do e-2008, oferecendo como opcional e incluído na renda mensal do carro, serviços de manutenção e assistência técnica, bem como de assistência na estrada. Por último, a Peugeot entrega um certificado de garantia do nível de capacidade da bateria do veículo irá facilitar a sua revenda.

A gama de motores térmicos do Peugeot 2008 respeita as mais recentes normas Euro6d, filtro de partículas e Start&Stop. Para algumas das versões, a Peugeot oferece a caixa automática de de 8 velocidades. No lado a gasolina da gama está o bloco 1.2 litros Puretech de 3 cilindros e potências de 100, 130 e 155 CV, sendo que esta última só está disponível com caixa automática e no equipamento GT.

Quanto à oferta Diesel apenas o bloco de 4 cilindros com 1,5 litros e dois níveis de potência: 100 e 130, este último só com caixa automática.

Como referimos, há quatro níveis de equipamento: Active, Allure, GT Line e GT. Os preços arrancam nos 21.500 do 1.2 Puretech 100 CVM6 Active, seguido dos 22.970 euros do 1.2 Puretech 130 CMV6 Active, 23.500 euros do 1.2 Puretech 100 CMV6 Allure, 24.650 euros do 1.2 Puretech 130 CMV6 Allure, 24.970 euros do 1.2 Puretech 130 EAT8 Active, 25.200 euros do 1.5 BlueHDI 100 CVM6 Active, 26.650 euros do 1.2 Puretech 130 CMV6 Allure e GT Line, 27.200 euros do 1.5 BlueHDI 100 CMV6 Allure, 28.650 euros do 1.3 Puretech 130 EAT8 GT Line, 29.200 euros do 1.5 BlueHDI 100 CMV6 GT Line, 30.350 euros do 1.5 BlueHDI 130 EAT8, 32.250 euros do 1.2 Puretech 155 EAT8 GT, finalizando nos32.350 euros do 1.5 BlueHDI 130 EAT8 GT Line. O 2008 elétrico está disponível nos quatro níveis de equipamento com preços de 36.600 euros (Active), 38.350 eurosm (Allure), 40.550 euros (GT Line), 43.450 euros (GT), sendo que estes modelos podem ser encomendados já, mas as entregas serão feitas em abril de 2020.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)