Porsche 911 Turbo: todas as fotos e os vídeos da nova bomba de 650 CV!

By on 1 Abril, 2020

Veja uma galeria com mais de 150 fotos e vários vídeos sobre o novo Porsche 911 Turbo S que o AUTOMAIS já lhe apresentou.

O icónico 911 Turbo está de regresso e se todos os 911 são agora sobrealimentados, o prefixo que se junta ao número mágico significa 650 CV, 2,7 segundos dos 0-100 km/h e 330 km/h. Wow! O motor continua a ser o boxer de seis cilindros com 3,8 litros, mas para esta versão Turbo, a Porsche redesenhou por completo o motor, com nova admissão e sistema de refrigeração. Os turbos de geometria variável também foram revistos, com o compressor e a turbina a rodarem agora em direções opostas. O diâmetro das turbinas cresceu cinco milímetros até aos 55 mm, enquanto o compressor é agora três milímetros mais largo, num total de 61 milímetros. As aletas das válvulas de descarga são controladas eletricamente com motores de passo.

O “boxer” utiliza injetores piezo-elétricos (maior precisão e velocidade) e o sistema de arrefecimento do ar de admissão foi alterado: parte do processo passa agora pelas títpicas entradas de ar das versões Turbo colocadas nas ilhargas. À frente dos filtros de ar, agora colocados juntos às ilhargas, foram também colocadas novas condutas de ar, que seguem em direção à grelha traseira. Isto significa que o 911 Turbo S possui quatro entradas de ar com uma secção cruzada de maiores dimensões e menor resistência. Contas feitas, são 650 CV (mais 70 CV que a anterior versão), um binário de 800 Nm (mais 50 Nm que anteriormente) que chegam às rodas através da caixa PDK de dupla embraiagem. E ao contrário do que sucedia antes, o binário máximo não está disponível apenas por breves momentos de acelerador a fundo, mas sempre que seja necessário. A performance também melhorou: o 0-100 km/h é feito em 2,7 sgundos (menos 0,2 segundos que o anterior), a velocidade máxima é de 330 km/h e a aceleração 0-200 km/h é cumprida em 8,9 segundos. A tração é as quatro rodas com o sistema “Porsche Traction Management” (PTM), que consegue transferência de binário até 500 Nm para o eixo dianteiro. 

O carro aumentou de tamanho: 45 mm mais largo à frente (1840 mm) e 20 mm atrás (1900 mm), o que indica serem as vias mais largas que anteriormente, mais 42 mm à frente e mais 10 mm atrás. A aerodinâmica foi revista e há pneus de dimensões diferentes nos dois eixos: à frente jantes de 20 polegadas com pneus 255/35 20, e de 21 polegadas atrás com pneus 315/30 21. O 911 Turbo está equipado com o Porsche Active Suspension Management (PASM) que rebaixa o carro 10 mm e também um sistema de escape desportivo com lamelas ajustáveis que garantem um som poderoso. 

Os travões são unidades novas de cerâmica carbono, utilizam maxilas de 10 pistões na dianteira, assegurando uma travagem forte e eficiente. O novo 911 Turbo tem uma aerodinâmica retrabalhada, com o spoiler dianteiro com controlo pneumático na extensão e a asa traseira com maior superfície, o que oferece mais 15% de força descendente que o anterior modelo.

O habitáculo possui acabamentos desportivos e um interior totalmente forrado em pele e frisos em carbono em combinação com aplicações em cor Prata. Os bancos desportivos com regulação em 18 vias apresentam pespontos que lembram e prestam homenagem ao primeiro 911 Turbo (type 930). Elementos gráficos e logótipos no painel de instrumentos completam as caraterísticas deste Turbo S. O ecrã central do PCM tem agora 10,9”, e tem nova configuração. De série são o volante GT, o Pacote Sport Chrono com integração da app “Porsche Track Precision” e o sistema de som

Bose. O 911 Turbo S Coupé está disponível em Portugal a partir de €264.547 e o 911 Turbo S Cabriolet desde €279.485.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)