Portugal mantém trajetória e vende mais carros a gasolina que a gasóleo

By on 3 Março, 2020

O mês de fevereiro viu o mercado nacional consolidar a tendência para a perda de influência do gasóleo.

Contas feitas, o mês de fevereiro viu serem vendidas 11.049 unidades a gasolina, 48,6% do mercado, enquanto a gasóleo foram vendidos 9.052 veículos, 39,8% do mercado. Quer isto dizer que a cada três carros vendidos, um é a gasóleo, uma inversão total daquilo que foi, ao longo de décadas, o paradigma do mercado nacional.

Se olharmos para os dois primeiros meses do ano, o equilíbrio é maior, com 17.650 carros a gasolina vendidos (44,4% de quota de mercado) e 16.782 unidades (42,2%) a gasóleo. Mas a tendência, como mostra o mês de fevereiro, é que esse fosso se alargue nos próximos meses.

Olhando para os modelos elétricos, foram vendidos em fevereiro 829 unidades, ou seja, 3,6% do mercado, enquanto que os híbridos Plug In chegaram aos 753 veículos (Elétrico/gasolina, 599; elétrico/gasóleo, 154 unidades) enquanto os híbridos chegaram a 1043 veículos (855 híbrido a gasolina e 188 híbrido a gasóleo), enquanto os híbridos não elétricos chegaram às 17 unidades (gasolina/GPL) e os veículos a GNC ficaram pelas 4 unidades.

Olhando ao acumulado dos dois primeiros meses e 2020, foram vendidos 1720 automóveis elétricos (4,3% de quota de mercado), 1201 híbridos Plug In a gasolina, 273 híbridos Plug In a gasóleo, 1665 unidade híbridas a gasolina e 425 híbridos a gasóleo. 

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)