NEVS Emily GT irá ver a luz do dia?

Projeto do Nevs Emily GT comprado por startup canadiana

By on 1 Dezembro, 2023

Emily GT, a berlina elétrica com uma autonomia de até 1000 km desenvolvida pelos antigos engenheiros da Saab na empresa NEVS – que foi formado depois do fim da marca sueca – pode estar mais próxima de passar à fase de produção, uma vez que o projeto foi adquirido pela startup canadiana EV Electra. 

O modelo foi desenvolvido antes dos proprietários chineses da NEVS o colocarem em “modo de hibernação” durante muito tempo, podendo agora estar em vias de se tornar um produto real.
Além do Emily GT, a empresa canadiana anunciou também a aquisição do projeto PONS,  um sistema autónomo de serviços de mobilidade urbana. 

Em comunicado, a EV Electra assegurou que “após extensas negociações, a transição da propriedade para a EV Electra marca um novo capítulo para ambos os projectos, assegurando o seu futuro em Trollhättan”, na Suécia. A EV Electra cria assim uma nova filial na Suécia para o desenvolvimento e fabrico destes projetos.
A CEO da Nevs, Nina Selander, saudou a aquisição de ambos os projetos como uma “realização de sonhos partilhados”. 

Mais pormenores sobre o desenvolvimento, os prazos de produção e o início dos processos de contratação serão divulgados em mais tarde, sabendo-se para já que o Emily GT passará a ter o nome de EV Electra Emily GT.

O Emily GT consegue alcançar os 1000 km de autonomia supostamente, devido a uma bateria de 175 kWh, sendo igualmente referidas baterias mais pequenas de 105kWh e 140kWh, e também de carregamento sem fios de 11kW. Os motores, um por cada uma das quatro rodas terão 121 cv, o que eleva a potência do carro a 484 cv.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)