Renault quer “roubar” Luca de Meo ao grupo VW e à Seat

By on 18 Novembro, 2019

O italiano nascido há 52 anos em Milão é o CEO da Seat, mas é o favorito a ocupar o mesmo lugar, mas na Renault.

A “short list” da Renault contém dois nomes: Luca di Meo e Didier Leroy, o francês que é hoje o nº2 da Toyota a nível global. O primeiro tem 52 anos, o segundo 61, Leroy tem a vantagem de ser francês. Curiosamente, ambos negaram interesse em ocupar o lugar.

A Seat, em comunicado, refere que “Luca di Meo está totalmente comprometido com a Seat como ele próprio já declarou em várias ocasiões desde que foi eleito presidente da companhia em 2015.” Já Leroy, também em comunicado, refere que “não presto atenção a esses rumores e mantenho-me 100% focado no meu trabalho na Toyota, onde tenho uma relação muito agradável e de confiança com o Akyo Toyoda.”

Caso estes dois nomes falhem, o CEO da Faurecia, Patrick Koller, poderá ser uma terceira escolha para o lugar de Clotilde Delbos, a CEO interina da Renault, que já se candidatou a permanecer no lugar de forma definitiva.

Porém, o candidato que os responsáveis da Renault desejam é Luca di Meo. O itakiano coeçou a sua carreira… na Renault, antes de passar pela Toyota e pela Fiat, desembarcando no grupo VW. Fala italiano, francês inglês, alemão e espanhol. Chegou ao grupo VW em 2009 e foi da VW para a Audi e depois para a Seat. Como o Estado francês não se opõe a um CEO estrangeiro, Luca di Meo é o grande candidato ao lugar.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)