Renault vai pedir ajuda ao Estado francês, mas não quer nacionalização

By on 23 Março, 2020

O presidente da Renault, Jean-Dominique Senard, afirmou que “iremos pedir garantias ao Estado como outras empresas”, mas sem nacionalização.

Devido às consequências do Coronavírus, a Renault vai pedir ajuda ao acionista Estado para equilibrar as finanças, mas sem que haja uma nacionalização da empresa. Segundo declarações de Jean-Dominique Senard ao jornal “Le Parisien”, “poderemos pedir garantias ao Estado como outras empresas.” Invocando a crise global, a Renault recebeu 3 mil milhões de euros de empréstimos do Estado. A situação não está fácil, recordando o presidente da Renault que nem em “2008 e 2009 chegámos a esta situação” numa altura em que as vendas caíram 90%. Recordamos que a Renault registou o primeiro prejuízo numa década no mês de fevereiro e que o Governo francês já nacionalizou a Renault uma vez, depois da Segunda Guerra Mundial, voltando a privatiza-la em 1996, ficando com 15% de quota na empresa.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)