Repsol investe em primeira unidade de biocombustíveis avançados

By on 26 Outubro, 2020

A Repsol anunciou que vai criar a primeira unidade de biocombustíveis avançados na refinaria de Cartagena, Espanha. O principal objetivo deste projeto, cuja construção envolve um investimento de 188 milhões de euros, é ter uma solução mais “verde” face aos combustíveis fósseis tradicionais. Perante isto, a Repsol afirma que os biocombustíveis avançados vão permitir uma redução de 900 000 tonadas de CO2 ano.  “Com esta iniciativa, estamos a promover, de forma decisiva, um novo caminho tecnológico que será chave no nosso caminho para a neutralidade carbónica e que se junta aos projetos já implantados em eficiência energética, geração de eletricidade de baixa emissão, hidrogénio renovável, economia circular, combustíveis sintéticos e captura, uso e armazenamento de CO2, entre outros ”, afirma Josu Jon Imaz, CEO da Repsol.

Este projeto corrobora o compromisso da Repsol com a transição energética e a ambição de atingir zero emissões líquidas até 2050. Para além disso, será também uma boa notícia para os trabalhadores do setor industrial na Península Ibérica. Isto porque, com o apoio de empresas auxiliares, a construção e o arranque da refinaria, realizados em diferentes fases, necessitarão de cerca de 1000 profissionais de diversas áreas.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)