Sabe quais as marcas que mais perderam em março? O AUTOMAIS conta-lhe tudo!

By on 6 Abril, 2020

O mercado automóvel nacional deu um valente trambolhão em março, mas marcas houve que ajoelharam mais que outras. Sabe quem foram as marcas que mais sofreram com esta pandemia do Covid-19? O AUTOMAIS conta-lhe tudo!

A marca que mais sofreu no mês de março foi, sem surpresa, a smart. Passando a marca exclusivamente elétrica, vendeu 22 carros em março, menos 93,3% que em igual período do ano passado, onde vendeu 328 unidades. Logo de seguida está a Alfa Romeo que ao vender apenas 7 carros durante os 31 dias de março, perdeu 93,2% das vendas (tinha vendido 103 carros em março de 2019). Um verdadeiro “knock out”!

Perto destes valores esteve a Fiat que em 2019 vendeu, em março, 2.310 unidades, este ano não foi além de 347 veículos! Logo de seguida, com 80,2% de recuo nas vendas, a Lexus comercializou apenas 17 unidades, quando em 2019 tinha vendido 86.

Marcas como a Mazda (76,4% menos com 68 carros vendidos contra 288 de 2019) e Opel (menos 76% com 402 carros vendidos contra 1674 em 2019), Honda (menos 74,1%, ou seja, 41 unidades vendidas contra as 158 de 2019) e Mitsubishi (182 carros vendidos em 2020 contra 669 em 2019, menos 72,8%) e Jeep (recuo de 71,6% com 44 carros vendidos contra os 155 de 2019), foram das marcas que registaram perdas superiores a 70 por cento. 

No topo das marcas mais vendidas também houve perdas assinaláveis. A Renault recuou 67% (1.553 veículos contra 4.704 unidade em março de 2019) e a Peugeot perdeu 60,6% das vendas, caindo de 3.002 carros para 1.183 veículos em março de 2020. A Citroen recuou 65,6% (de 1.918 para 661 unidades).

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)