Sabe quais são os principais problemas dos Peugeot 3008 e 5008?

By on 16 Abril, 2020

Carros perfeitos não existem, mas há carros melhores e outros piores. O sucesso do 3008 e 5008 comprovou a opinião dos jornalistas, são carros excelentes que muito fizeram pela imagem da marca. E são excelentes apostas no mercado de usados. Porém, nem tudo são rosas, existindo alguns espinhos. Apesar disso, temos de dizer que com a chegada da renovação de meio de ciclo, ambos os modelos são apetecíveis no mercado de usados e, neste momento, já é possível fazer um balanço sobre a fiabilidade dos dois modelos, deixando de fora as versões híbridas, acabadas de chegar ao mercado.

Uma das dificuldades reside no motor 1.2 PureTech. O três cilindros tem a tendência para estragar velas de ignição e podem cair parte delas para dentro do cilindro, pelo que se decidir comprar um 3008 ou 5008 com este motor, pergunte se mudaram as velas. Se não tiver velas novas, exija que as troquem ou faça isso imediatamente a seguir à compra.

Tenha muita atenção á luz de aviso de nível baixo de óleo. Verifique o nível e se este estiver bem e a luz não apagar, isso quer dizer que está na hora de trocar a correia de distribuição. E aqui não há que hesitar: trocar a correia antes que parte e danifique seriamente o motor. Mas fique desde já a saber que não é uma operação barata…

Há um defeito, muito raro, que só aparece depois de muitos milhares de quilómetros e que a Peugeot corrige de forma gratuita: a caixa de velocidades manual pode bloquear.

O motor 1.5 BlueHDI que veio tomar o lugar do fiável e livre de problemas bloco 1.6 litros (comercializado até ao verão de 2018, com uma variante de 100 CV que só viveu em 2017), tem alguma tendência para o sistema “Stop&Start” desregular-se, exigindo uma reprogramação, paga, que resolve o problema.

Finalmente, o 3008 e o 5008 com motor 2.0 HDi nas versões de 150 (que acabou em julho de 2018) e 180 CV, conhecem problemas com o dispositivo de controlo de emissões, envolvendo o reservatório de AdBlue e o sistema de injeção da ureia líquida. O preço de substituição do sistema tem faturas pesadas (acima do milhar de euros) e não estão na garantia. Há, ainda, algumas falhas eletrónicas especialmente no sistema multimédia. Alguns destes “gremlins” desaparecem com o tempo, mas há necessidade, em algumas situações, de uma reprogramação.

Enfim, em dois carros de grande qualidade, estes problemas detetados não podem beliscar uma imagem de qualidade. Nada é perfeito e estes espinhos não são suficientes para o arrastar para longe da compra de um 3008 ou 5008 usado.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)