Sabia que a Lamborghini esteve quase, quase, a dar o nome a carros da Chrysler?

By on 20 Julho, 2020

A casa italiana fundada por Ferrucio Lamborghini foi fazendo jus ao símbolo do touro enraivecido e mudou de mãos quase com a mesma frequência com que se muda de camisa. E um desses períodos, entre as décadas de 80 e 90 do século passado, a Lamborghini esteve nas mãos dos americanos da Chrysler.

O patrão da Chrysler era Lee Iacocca e o americano teve a bizarra, para não dizer outra coisa, ideia de criar uma gama de produtos Chrysler com o nome… Lamborghini! A ide era fazer da Lamborghini um equipamento de topo para alguns modelos da gama norte americana. 

Tentou, tentou, mas encontrou forte resistência de Bob Lutz e Tom Gale. Para demoverem Iacocca da ideia bizarra, fizeram alguns desenhos e ideias que eram tão grotescas que levariam o patrçao da Chrysler a recuar na ideia. O primeiro projeto foi o Chrysler Imperial, pintado de vermelho e com jantes Lamborghini, sendo o projeto imediatamente recusado. Depois, pegaram no Dodge Daytona e transformaram-no num Chrysler “Lamborghini Edition”, mas o tiro sai pela culatra e Lee Iacocca deu luz verde a um carro que usava muitas peças do Lamborghini Countach. Mas o projeto foi travado a tempo de criar um carro que iria arrasar a reputação da Lamborghini. A verdade é que Chrysler e Lamborghini nunca se cruzaram enquanto estiveram nas mesmas mãos.

A Abimelec Arellano Design trouxe o assunto á tona e apesar de não haver imagens do carro originalmente mostrado a Lee Iacocca, esta empresa de design criou um modelo seguindo as informações dadas por Bob Lutz. O resultado está nas imagens que publicamos. Já o Dodge Daytona existiu e até podemos dizer que não tem mau aspeto, mas a colagem ao Countach é forçada. Enfim, esta ideia de colocar símbolos de outras marcas em diversos carros não é nova na Chrysler, que depois de comprada pela Fiat lançou na Europa o Lancia Thema que não era mais que o Chrysler 300C e o Lancia Grand Voyager, verdadeiros insucessos e responsáveis pelo declínio da Lancia até à sua forma atual: marca italiana que vende apenas um modelo com quase 10 anos de vida. Ainda assim, vende mais em Itália que a Alfa Romeo em todo o mundo…

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)