Salão de Paris: Kia e-Niro anuncia 485 km de autonomia

By on 2 Outubro, 2018

A versão europeia do Kia e-Niro será rival direto do Nissan Leaf e promete acabar com a ansiedade elétrica graças a uma autonomia de 485 quilómetros. Estará à venda ainda este ano.

A Kia vai oferecer duas versões do e-Niro: uma com uma bateria de 39,2 kWh que autoriza uma autonomia de 312 km, outra com bateria de 64 kWh que permite andar 485 quilómetros entre recargas. E ambos os valores anunciados foram homologados através do protocolo WLTP, sendo que em cidade, a Kia anuncia que o e-Niro chega aos 615 km com a bateria mais potente. O que não deixa de ser impressionante olhando, por exemplo, ao Jaguar e-Pace que com uma bateria de 90 kWh fica-se pelos 480 km de autonomia.

As duas versões de capacidade de bateria também correspondem a duas variantes de motorizações: o modelo de base com bateria de 64 kWh tem um motor com 136 CV e 395 Nm de binário, a versão com bateria de 64 kWh exibe um propulsor de 204 CV e os mesmos 395 Nm de binário. O primeiro chega dos 0-100 km/h em 9,8 segundos, o segundo faz o mesmo exercício em 7,8 segundos.

Carregado numa tomada de 100 kW, a Kia reclama que o e-Niro com maior capacidade de bateria alcança os 80% de carga total em 54 minutos e entre 20 a 80% em 42 minutos. O que deixa antever um tempo de recarga longo numa tomada doméstica.

O modelo exibe várias ajudas à condução como a manutenção na faixa de rodagem, travagem de emergência autónoma, adicionando a condução autónoma de nível 2 que permite ao e-Niro seguir o tráfego num congestionamento sem sair da sua faixa, funciona entre 0 e 130 km/h, mas exige que o condutor tenha as mãos no volante.

O e-Niro tem pré-aquecimento da bateria o que permite que a autonomia e o desempenho não seja prejudicado por adversas condições meteorológicas. O modelo também utiliza um sistema de aquecimento/arrefecimento do habitáculo antes do condutor chegar ao carro. Depois há o modo de condução Eco Driving Assistant System que ajuda o condutor a maximizar o mais possível a autonomia, incluindo a melhor forma de travar e armazenar energia em desaceleração. Um par de patilhas colocadas atrás do volante permite selecionar a quantidade de travão motor e, logo, de regeneração de energia que desejamos.

Com este e-Niro, o SUV da Kia completa a oferta de mobilidade com duas versões híbridas (convencional e Plug In) e esta unidade elétrica. Mas para se diferenciar dos seus “irmãos”, o e-Niro tem uma frente redesenhada onde desaparece a grelha, mas surge uma porta que dá acesso à ficha de carregamento da bateria. No interior, não há muitas diferenças, apenas o pesponto em azul e o desaparecimento do túnel central que permite criar um enorme porta objetos. No ecrã de 7 polegadas colocado no centro do tabliê, são exibidas muitas das informações sobre o sistema híbrido.

Recordamos que este Kia e-Niro faz parte de um ambicioso projeto da casa coreana, conhecido como ACE (Autonomous, Connected e Eco/Electric) tem como objetivo lançar na gama Kia, nada menos que 16 modelos eletrificados até 2025.

A Kia tem no seu espaço, ainda, o novo Proceed e toda a sua gama de produtos.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)