Seat bate recorde de vendas graças aos SUV, mas 2020 será duro devido ao Covid-19

By on 25 Março, 2020

Segundo ano consecutivo de recorde de vendas destaca-se numa análise sombria para 2020.

A Seat vendeu em 2019 um total de 574.078 unidades, 10,9% mais que em 2018, com o trio de SUV composto pelos modelos Arona, Ateca e Tarraco, a contribuir com 44% do total de vendas. Quanto aos modelos da Cupra, foram vendidas 24.664 unidades, um aumento de 71,8%.

O aumento de vendas de SUV e dos modelos Cupra, mais rentáveis, a margem média de lucro por veículo subiu para 4,2%, levando, assim, o lucro antes de impostos a subir 17,5% para 346 milhões de euros. O investimento em pesquisa e desenvolvimento de longo prazo subiu 3% para 1.259 mil milhões de euros.

Carsten Isensee, CEO da Seat, referiu que estes resultados “oferecem um sólido alicerce sobre o qual vamos construir o futuro da companhia a longo prazo.” Já o responsável de marketing da Seat e CEO da Cupra, Wayne Griffiths, sustentou que o foco da Seat para 2020 “será diferente do previsto que era aumentar as vendas. O nosso maior objetivo é aumentar o lucro das nossas vendas e estabilizar a nossa quota de mercado, sendo a Cupra uma prioridade estratégica.” Percebe-se, pois a Cupra cobra muito mais e as margens de lucro maiores.

Porém, Carsten Isensee, alertou para a “total incerteza sobre os resultados de 2020 devido ao Covid-19 e às fábricas fechadas e vendas em suspenso. Esta pandemia impede que seja feita alguma previsão razoável ou credível no que toca ao impacto que vai ter na economia global e na performance da Seat em 2020.”

Para já, a Seat adiou a entrada no mercado chinês (numa joint venture com a JAC Volkswagen) mantendo, para já, a expansão na América Latina , particularmente na Colombia, Peru, Chile e México.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)