Tesla vendeu 200,6 milhões de dólares em créditos ambientais no primeiro trimestre

By on 3 Maio, 2019

Depois de numa carta enviada aos acionistas, Elon Musk ter dito que a Tesla vendeu 15,4 milhões de dólares em créditos de emissões zero no primeiro trimestre de 2019, sabe-se, agora, que o CEO da Tesla olvidou, convenientemente, que vendeu 200,9 milhões de dólares de créditos ambientais (não zero emissões), também neste primeiro trimestre.

“Estamos muito desapontados com a decisão da Tesla em não relatar e não discutir essa venda de créditos não zero emissões, pois o impacto nos resultados é enorme e esconde a real situação da empresa.” Palavras de Toni Sacconaghi, analista da Bernstein.

As leis da Califórnia obrigam os construtores a venderem carros não poluentes na proporção da sua quota de mercado. Se não forem capazes de o fazer, terão de comprar créditos ambientais a empresas como a Tesla. 

A Tesla apresentou uma margem bruta para os invstidores de 20,3%, mas a verdade é que se não fossem os 200,9 milhões de créditos ambientais vendidos, o valor seria de 16,1%. Mais uma trapalhada “made by” Elon Musk…

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)