Toyota Mirai: Novas atualizações tecnológicas para 2024
Híbridos na Europa: Toyota na liderança, seguida da Renault e da Nissan

Toyota: aposta nos híbridos ‘vale’ 2º lugar na Europa

By on 11 Fevereiro, 2024

Numa altura em que a procura de veículos elétricos já está a diminuir, a consistente aposta da Toyota nos híbridos e no lançamento de novos modelos impulsionou-a para o (quase) topo das vendas na Europa, só batida, mas por larga margem, pela Volkswagen.

Enquanto a VW vendeu 1.357.139 automóveis na Europa (EU, EFTA e Reino Unido), a Toyota foi segunda com 828.484, tendo vendido mais 61.715 do que em 2022, isto depois de ter vendido nesse ano mais 54.264 do que em 2021. 3º Audi, 733.176; 4º BMW, 728.991; 5º Mercedes, 682.498; 6º Renault, 681.023; 7º Skoda, 680.153; 8º Kia, 572.297; 9º Dacia, 557.253; 10º Hyundai, 534.170.

A pouco e pouco a Toyota tornou-se a segunda marca mais vendida na Europa nos últimos dois anos, batendo os rivais com a contínua aposta forte na sua tecnologia híbrida, ao contrário da maioria dos adversários que investiram bem mais fortemente em veículos eléctricos.

Basicamente a filosofia da Toyota é simples: tendo em conta que foram pioneiros na tecnologia híbrida, já a têm há mais de 20 anos, é, a par da Honda comumente aceite como a mais desenvolvida, e as pessoas que ainda não estão preparadas, ou não podem porque não têm dinheiro para isso, e preferem os híbridos como solução, pelo menos transitória, pois desta forma gastam bem menos combustível e emitem muito menos partículas poluidoras para a atmosfera.

Cerca de 70 por cento das vendas da Toyota na Europa são ‘eletrificadas’, ou seja, híbridos, híbridos plug-in e veículos eléctricos, sendo que na Europa Ocidental, o número é de quase 100 por cento.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)