Toyota desiste de produzir automóveis na fábrica de São Petersburgo, na Rússia

By on 23 Setembro, 2022

Depois de ter suspendido o fabrico de automóveis no passado dia 4 de março, a Toyota anuncia agora que vai mesmo pôr um fim à sua presença na Rússia e dar por encerrada a produção na fábrica de São Petersburgo.

A Toyota anunciou hoje que vai suspender as operações de fabrico na Rússia, na sua fábrica de São Petersburgo. Esta é uma questão que já começou no passado dia 4 de março, quando a marca se viu forçada a suspender a produção de automóveis, devido à interrupção do fornecimento de componentes e materiais. Desde essa altura, a marca tem acompanhado de muito perto esta situação, sempre com o objetivo de avaliar a sustentabilidade da sua presença na Rússia.

Durante este tempo, não houve despedimentos, e foi sempre garantida a manutenção da fábrica para que esta pudesse retomar a sua produção assim que fosse possível. Apesar disto, e seis meses depois, não foi possível retomar a atividade, e nem sequer surgiu qualquer indicação de quando é que isso poderia vir a acontecer.

Segundo a Toyota, a decisão de cessar a produção de veículos na Rússia não é uma decisão que se tenha tomado de ânimo leve. “Temos agora de agir de uma forma que nos permita proteger os valores e princípios que os nossos antecessores construíram e estar confiantes de que os podemos transmitir à próxima geração”.

Gostaríamos de agradecer aos nossos empregados pelo seu trabalho árduo e lealdade. Em reconhecimento da sua valiosa contribuição, iremos oferecer-lhes assistência para o reemprego, requalificação e bem-estar, incluindo apoio financeiro acima dos requisitos legais.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)