Toyota RAV4 alvo de chamada à oficina nos Estados Unidos

By on 3 Junho, 2020

Serão um pouco mais de 9.500 unidades do novo RAV4 que vão ser chamadas à oficina para verificar a suspensão.

A operação de recolha dos veículos será feita nos Estados Unidos da América devido a suspeita de fendas nos braços inferiores da suspensão dianteira do RAV4. Situação que pode levar á separação do braço de suspensão do cubo da roda e levar a um acidente. 

Segundo a Toyota, esta situação origina-se num fornecedor de aço cujas folhas são usadas no fabrico dos braços de suspensão e que podem ter algumas fendas que passaram para os referidos braços.

Segundo a Toyota, “se o veículo for conduzido com um braço inferior da suspensão afetado, com frequentes mudanças de direção e com aceleração e desaceleração fortes, as fendas podem afetar a estrutura do braço e pode acabar por, eventualmente, partir.”

Contas feitas, será um total de 9.502 carros a ser afetados que foram fabricados entre 25 de setembro de 2019 e 29 de outubro de 2019 e a Toyota já avisou que não há mais nenhum carro feito com o aço da Nippon Steel Corporation. Não há notícia sobre a possibilidade dos modelos vendidos na Europa terem sido afetados por este problema.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)