UE estuda implementação obrigatória do assistente de velocidade inteligente

By on 21 Março, 2019

O assistente de velocidade inteligente permite ao veículo “ler” os sinais de trânsito e regular de forma instantânea e sem a intervenção do condutor a velocidade do veículo mediante o limite máximo estipulado em cada fase de um percurso. Desta forma, um carro nunca excede a velocidade legalmente permitida, porque mesmo que aceleremos, o veículo não nos deixa ultrapassar a velocidade máxima de determinado troço do percurso.

O objetivo da União Europeia é agora que este sistema seja implementado nos veículos novos, de forma obrigatória, que sejam comercializados a partir de 2022. O sistema hoje já existe em alguns carros, mas a sua utilização é opcional e pode ser desativada. Porém, a UE pretende que tal deixe de estar ao critério do condutor, e o sistema surja de raiz nos carros, com o intuito de regular a velocidade de circulação nas estradas e desta forma reduzir os acidentes rodoviários. Segundo a UE, esta medida poderia fazer diminuir na casa dos 20% as vítimas mortais em acidentes de viação.

No entanto, esta é uma medida ainda em discussão, porque há questões, como a ultrapassagem, em que o impedimento de o veículo superar determinada velocidade, também pode revelar-se um risco. Por outro lado, a forma clara como seria aplicado o sistema e como iria atuar nos carros é ainda uma incógnita.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)

Deixe um comentário

Please Login to comment