Vendas da Porsche ficam perto das 70 mil unidades no fecho do primeiro trimestre

By on 14 Abril, 2022

A Porsche terminou o primeiro trimestre do ano com um total de 68.426 unidades comercializadas em todo o mundo, o que, ainda assim, representa uma descida de 5%.

Com o primeiro trimestre do mês fechado, é o momento de as marcas avaliarem o seu desempenho e definirem estratégias para o resto do ano. Mas com o mercado ainda a ser fortemente afetado pela escassez de componentes, os números registados ainda estão longe de regressar aos valores de anos anteriores.

Apesar de tudo isto, a Porsche é um dos construtores que continua em grande forma. A sua gama de SUV tem conquistado diversos adeptos na maioria dos mercados em que é comercializada e a crescente procura de automóveis 100% elétricos também tem destacado as vendas dos diversos formatos do Taycan.

“À luz das circunstâncias excecionais que afetam a indústria automóvel em geral, as nossas equipas de vendas e concessionários tiveram um bom desempenho no primeiro trimestre”, afirma Detlev von Platen, Membro do Conselho Executivo de Vendas e Marketing da Porsche AG. “O ressurgimento do coronavírus em algumas regiões como a China, juntamente com a oferta e os desafios logísticos significativos em curso, colocaram-nos à prova. Ao mesmo tempo, os nossos produtos continuam a ser muito procurados pelos clientes em todo o mundo – igualmente na Europa, nas Américas e na China”.

O maior mercado da Porsche continua a ser o da Ásia-Pacífico, África e Médio-Oriente, com 28.991 unidades comercializadas, das quais, 17.685, são apenas referentes ao mercado chinês. Em segundo lugar vem a Europa, com um total de 22.791 unidades. Mas aqui, o país com o maior número de vendas é obviamente a Alemanha com quase sete mil unidades. Na terceira posição estão as Américas (Norte e Sul), sendo que os Estados Unidos são responsáveis por mais de 13 mil unidades comercializadas, de um total de 16.644.

As 68.426 unidades comercializadas representam uma descida de 5% face às 71.986 unidades de 2021. Sendo que a maior descida foi registada nos Estados Unidos, com 25% e da China, com 20%. Em contrapartida, as vendas na Europa estão a subir, com 18%.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)