Vendas de setembro mostram sinal positivo nos ligeiros de passageiros

By on 4 Outubro, 2022

Ainda que o total do mercado automóvel continue com sinal negativo, as vendas de ligeiros de passageiros mostram um sinal de crescimento, com os híbridos em destaque.

Os dados de vendas revelados pela ACAP relativos ao mês de setembro mostram que, de uma forma geral, o mercado continua a descer face ao ano anterior, com um valor de 1,3% negativos nas vendas acumuladas desde o início do ano. Se nos restringirmos aos automóveis ligeiros, a descida é ainda mais acentuada, com -1,8%, mas se retirarmos os ligeiros de mercadorias deste valor, passamos a ter uma subida de 1,1%.

No que diz apenas respeito ao mês de setembro, os valores conseguem ser ainda mais animadores, com uma verdadeira tendência de crescimento. Face ao mesmo mês do ano anterior – em que ainda nos encontrávamos em pleno período de pandemia e com uma maior escassez de componentes – a subida é de 12,8 pontos percentuais nas vendas totais do mercado nacional, sendo que no que diz apenas respeito aos ligeiros o valor é de 14,4% e nos ligeiros apenas de passageiros é de 15,6%.

Em termos de energias, a nova era de eletrificação mostra uma tendência de aumento constante de procura por estes novos tipos de solução, com as energias alternativas a ficarem já muito próximas dos 40% e prestes a ultrapassar os modelos movidos exclusivamente a gasolina. E destes quase 40%, a maior percentagem continua a estar nos híbridos (HEV), com 16,2%, em segundo lugar os automóveis movidos exclusivamente a eletricidade (BEV), com 10,7%, e em terceiro os híbridos plug-in com 9,9 pontos percentuais.

Na tabela de ligeiros de passageiros, a marca que mais se destacou no passado mês de setembro foi a Mercedes-Benz, seguida da Peugeot, em segundo, e da Fiat, em terceiro. Mas a maior taxa de crescimento face ao mesmo mês do ano passado é mesmo a da marca italiana, com quase 300% de evolução. Nos valores acumulados desde o início do ano, é a Peugeot que se mantém na liderança, imparável, e já com quase 13 mil unidades matriculadas em 2022.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)