Vendas na Europa sobem 27% graças ao WLTP

By on 6 Setembro, 2018

Nesta altura do campeonato já sabe o que é o WLTP, verdade? Se não sabe, nós ajudamos, basta clicar aqui e saberá tudo. Mas por causa desse novo protocolo de homologação de consumos e emissões, os mercados europeus têm estado em ebulição. Como os valores de ambas as parcelas vão aumentar, consumidores e marcas fizeram um esforço em agosto para não sofrerem as consequências de aumentos que, ainda, não são certos.

Contas feitas, o mercado europeu cresceu 27% no mês de agosto face a igual período de 2017, esvaziando, praticamente, o “stock” existente antes de chegar o temido WLTP. Este aumento traduz-se em 1,02 milhões de unidades vendidas em agosto deste ano contra as 802 mil comercializadas no mesmo mês de 2017.

A chegada do WLTP forçou alguns construtores, incluindo a Volkswagen e a Renault, a parar a venda de algumas versões porque não houve tempo útil de as voltar a certificar debaixo do novo protocolo.

Analisando os mercados num olhar rápido, Itália subiu 10%, o Reino Unido avançou 23% e os alemães cerca de 25%. Aqui ao lado, em Espanha, o mercado cresceu 49% com limpeza absoluta de stocks, ao passo que os franceses fizeram o mesmo com um avanço de 40% nas vendas.

Segundo o analista da LMC Automotive, David Oakley, ouvido pelo Automotive News Europe, “este extraordinário conjunto de resultados é obra de uma combinação de fatores ligados á introdução do protocolo WLTP. Foi um forte argumento para a matriculação de veículos sem proprietário e a oferta de fortes descontos para escoamento de stocks.”

Claro que esta forte subida das vendas na Europa e na maioria dos mercados que compõem a União Europeia nas suas várias composições, terá consequências ainda este ano no que toca às vendas dos próximos quatro meses e, igualmente, no apuramento do resultado financeiro no final do ano. Porque como referiu o analista da LMC, os construtores abriram a caixa de Pandora ao matricularem o mais possível sem que existam clientes para esses veículos – escapando, assim, a serem recertificados pelo WLTP – para depois os venderem, novos, a preço de usados.

Portanto, caro leitor do AUTOMAIS se estava a pensar comprar carro, vá lá dar uma voltinha pelos concessionários da sua zona que pode, muito bem, encontrar alguma pechincha. É que em Portugal também se bateu recordes de vendas e dificilmente todos os carros que foram matriculados tinham comprador na hora de entregar os documentos ao IMTT…

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)