Vendas Outubro: mercado desacelerou bastante

By on 6 Novembro, 2018

O mês de outubro ofereceu um comportamento irregular com o mercado de ligeiros a recuar 12,2% e o de comerciais ligeiros a crescer 3%, ao mesmo tempo que os pesados de mercadorias e de passageiros conheceram crescimento.

Com 13 956 unidades vendidas durante outubro, o mercado de ligeiros de passageiros recuou 12,2% face a igual período de 2017.

As marcas mais atingidas foram a Renault, que recuou 31,9% – e foi a segunda marca mais vendida em outubro atrás da Peugeot que ganhou 6,1% face a igual mês de 2017 – a Opel, com 30,9% de quebra, a Volkswagen (recuou 43,7%), a Dacia (menos 34,4%) e a Audi que perdeu 75% de vendas face ao mês de outubro.

No lado oposto, além do destaque da Peugeot, referência para o desempenho da BMW (cresceu 10,5%), da Seat (mais 26,3%), Hyundai (mais 27%), Mini (mais 47.7%) e a Lexus (mais 28,1%).

Contas feitas, no acumulado entre janeiro e outubro, a Renault lidera o mercado com 27 382 unidades, mais 8,1% que em 2017, seguida da Peugeot com 19 645 unidades (mais 10% face a 2017) e da Mercedes, que apesar de recuar 1,4% face ás vendas de 2017, já comercializou 13 798 unidades. Fecha o Top 5, a Fiat (12 722 unidades, mais 19,9% que o ano passado) e a Nissan (12 101 unidades, mais 12,7%).

O Top 10 das vendas portuguesas é completado com a BMW, que apesar de um recuo de 3,4%, já comercializou 11 786 veículos. Seguem-se a Opel (11 394 automóveis, mais 2,5%), a Citroen (aumento de 18,1% para 10 971 unidades), a Volkswagen que, apesar de uma perda de 22,1% de vendas, comercializou 10 932 unidades e, finalmente, a Toyota com 20,5% de crescimento no acumulado, um total de 10 932 unidades vendidas. Não pode passar despercebida a performance da Jeep que de 200 carros vendidos em 2017, passou para 1284 unidades este ano. Ainda dentro do grupo FCA, destaque para a Alfa Romeo que aumentou vendas face a 2017 com 1031 unidades comercializadas em 2018, mais 33,7%.

Se fizermos contas aos grupos, o PSA Group lidera o mercado com 54 401 unidades vendidas em dez meses de 2018 (juntamos Peugeot, Citroen, DS e Opel e as vendas de ligeiros de passageiros e comerciais), seguida da Aliança Renault Nissan com 51 905 unidades (Renault mais Nissan e Dacia, mas sem a Mitsubishi).

Deixe um comentário

Please Login to comment