Versão R do BAC Mono eleva ainda mais a fasquia em termos de desempenho

By on 24 Maio, 2022

O novo BAC Mono R já se encontra em produção, com diversas melhorias capazes de o deixar ainda mais eficaz e mais próximo da máquina de condução perfeita.

O BAC Mono é um desportivo desenvolvido pela Briggs Automotive Company (BAC) na zona Liverpool, em Inglaterra, tendo ficado conhecido pelo fato de contar apenas com um lugar e de assemelhar a um carro de competição com autorização para circular na via pública.

Os engenheiros que desenvolveram este modelo não descuraram nenhum detalhe, com o objetivo de o deixar o mais eficaz que fosse possível, mas com o passar do tempo, com as inovações tecnológicas que foram surgindo e mesmo com as opiniões de alguns clientes, foram descobertas formas de o melhorar e foi assim que nasceu a versão R.

Já são 25 os BAC Mono R produzidos, completamente personalizados à medida de cada cliente e praticamente sem que existam duas unidades exatamente iguais. Mas com o novo R, há agora 44 novos painéis de carroçaria produzidos em carbono, mas com a inclusão de grafeno, um material inovador, desenvolvido em parceria com a Universidade de Manchester e que consegue ser cerca de 20% mais leve e muito mais resistente.

A aerodinâmica desta versão mais evoluída foi também melhorada com um desenho melhorado da secção dianteira, que integra agora novas óticas centrais em LED e um novo spoiler traseiro, um pouco maior e mais eficiente do ponto de vista aerodinâmico.

Quanto ao motor, mantém-se a solução de quatro cilindros, com 2,5 litros de capacidade, atmosférico, mas agora com 343 cavalos de potência, mais 38 que na versão já existente e com um regime máximo que chega agora às 8.800 rpm, mais mil do que acontecia até agora.

O sistema de travagem recebeu discos carbo-cerâmicos e pinças da AP Racing mais leves, enquanto o sistema de escape é agora produzido em Inconel e aço, também com o objetivo de reduzir o peso. Com o mesmo objetivo, alguns componentes da transmissão e o chassis são produzidos em magnésio e o piso é totalmente novo e produzido em carbono. Já a suspensão, está a cargo de amortecedores reguláveis da Öhlins e os pneus são uns Pirelli Trofeo R.

Depois de todas estas alterações, o peso total do conjunto fica agora apenas nos 555 quilos, menos 25 que na versão já existente, o que resulta numa relação de potência/peso de 618 cavalos por tonelada. Mas para completar o conjunto de melhorias, o depósito de combustível tem agora mais capacidade, mas está posicionado mais abaixo do que acontecia até agora, o que beneficia o centro de gravidade. E a bateria passou mais para o centro do carro, para uma posição por baixo do condutor, que ajuda na distribuição de peso entre ambos os eixos.

A nova versão otimizada do BAC Mono já conseguiu bater alguns recordes em pista para carros de produção, tais como o do Red Bull Ring, por exemplo. E em Goodwood, o tempo por volta ficou apenas a cinco segundos do recorde do circuito, que pertence a um Arrows-Ford A11 de Fórmula 1.

O novo BAC Mono R é distribuído para todo o mundo e estará em exposição brevemente em alguns concessionários parceiros nos EUA, Singapura e Alemanha.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)