Volkswagen Golf recebe variante a gás natural

By on 22 Outubro, 2020

Já se percebeu que o Grupo Volkswagen está a apostar em variantes de gás natural e era uma questão de tempo até chegar ao Golf. De facto, já conhecemos variantes semelhantes da Skoda, Audi ou Seat. Agora, o modelo alemão, na variante TGI, está equipado com o motor 1.5 litros turbo com 130 cavalos e 200 Nm de binário. Contudo, este recebe um sistema de combustível diferente, faz o processo de combustão no ciclo Miller, que é o melhor para o uso de gás natural. Este processo gera menos emissões e mantém uma boa eficiência de combustível.

Para armazenar o gás natural, o Golf TGI recebe um depósito de 115 litros que, quando cheio, garante 400 quilómetros de autonomia (ciclo WLTP). Há ainda uma espécie de “reserva” de 9 litros para quando o tanque principal fica vazio. Um dos grandes pontos fortes destas variantes é a possibilidade de poupar dinheiro em combustível, tendo em conta que o gás natural é mais acessível, o que permite ter um menor custo de utilização. O novo Golf TGI já está disponível para reserva na Europa na versão hatchback. Quanto à carrinha há, igualmente, uma versão idêntica planeada para o fim deste mês.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)