Volkswagen T-Roc Cabrio: único a céu aberto

By on 29 Junho, 2020

A Volkswagen faz uma promessa com o T-Roc Cabrio: liberdade ilimitada, uma lufada de ar fresco no segmento SUV e prazer de condução altamente emocional. Esta é a promessa feita sobre um crossover descapotável que, reclama a VW, alia a robustez e os pontos fortes de um SUV com a divertida experiência de condução de um carro descapotável. 

O T-Roc Cabrio revela linhas elegantes, atraentes que pede emprestado ao T-Roc normal a frente e as proporções compactas. Fruto do trabalho da equipa de estilo da VW, liderado por Klaus Bischoff, a versão descapotável do T-Roc acaba por ser gerar um carro interessante.

As versões de topo usam faróis LED, enquanto o T-Roc Cabrio destaca, ainda, uma faixa cromada que passa por baixo das janelas, enquanto a linha de cintura cresce a partir da parte traseira. 

Na traseira, as linhas horizontais dominam com a terceira luz de travão integrada no spoiler. O logótipo da Volkswagen e a sigla “T-Roc” foram posicionados abaixo. As saídas do escape e a inserção do difusor são em forma de trapézio.

Compacto com capota de lona

O T-Roc Cabrio tem a configuração 2+2 lugares e utiliza a plataforma MQB. Tem um comprimento de 4,27 metros e uma distância entre eixos de 2,63 metros. A largura é de 1,81 metros e a altura de 1,52 metros. O carro tem dimensões reduzidas nos avanços dianteiro e traseiro e vias largas: 1538 mm (frente) e 1539 mm (traseira).

A altura entre a distância ao solo e os bancos do condutor e do passageiro é de 599 mm e de 616 mm para os passageiros traseiros. A mala tem uma capacidade, curta, de 280 litros. As costas dos bancos traseiros são rebatíveis.

O T-Roc utiliza uma capota clássica em lona composta por três camadas, tem acionamento elétrico, podendo ser aberta ou fechada até aos 30 km/h, pressionando um botão na consola central. A operação de abertura e fecho demora ente 9 e 11 segundos.

Quando aberta, a parte superior macia da capota dobra-se em Z atrás dos bancos traseiros e um compartimento por cima da bagageira permite arrumar a capota. Há uma estrutura que impede o conhecido “efeito de balão” quando se circula a velocidades mais elevadas. Graças ao sistema mãos livres, é possível acionar a capota com a chave, a uma distância de 1,5 metros. Em opção, há com um corta-vento.

Sem pilares central e traseiro, a rigidez torsional deste modelo foi reforçada com aço de alta resistência de forma a respeitar os parâmetros de segurança. Em caso de capotamento eminente, existem dois painéis “escondidos” atrás dos apoios de cabeça traseiros.

Digitalização e navegação de série

Sendo uma marca virada para a digitalização, a Volkswagen dotou o T-Roc Cabrio com dois ecrãs de controlo digitais: o “Cockpit Digital” como painel de instrumentos oferecido de série no R-Line e o sistema de navegação “Discover Media”, oferecido de série em todas as versões. 

Este último possui uma unidade de conectividade online total, com eSIM integrado e uma vasta gama de novas funções e serviços como o We Connect e We Connect Plus. O cenário digitalizado de visualização pode ser personalizado e adaptado aos gostos individuais do condutor. O sistema de som Beats também faz parte do equipamento de série.

Duas linhas de equipamento

O T-Roc é proposto em duas linhas de equipamento (Style e R-Line) e 8 cores diferentes. O novo T Roc Cabrio é proposto com uma variada lista de equipamento, quer na Linha Style, quer na linha mais desportiva R-Line. O nível Style destaca faróis de nevoeiro, jantes em liga leve de 17 polegadas “Mayfield”, volante multifunções em couro, espelhos retrovisores rebatíveis eletricamente, ACC (Adaptative Cruise Control), ParkPilot, sistema de navegação DiscoverMedia com Streaming e internet, We Connect Plus (um ano), ar Condicionado Climatronic e Wireless App Connect. Por sua vez, a linha R-Line acresce à versão Style: Driver Assistance Package, Traffic Jam Assist/EmergencyAssist, faróis dianteiros em LED, Light Assist, ParkAssist com câmara traseira, jantes em liga leve de 18 polegadas “Sebring”, Digital Cockpit e Kit R-Line. A oferta das cores da carroçaria é repartida entre oito tonalidades: Verde Cactus, Branco Pure, Prata Ivory, Vermelho Kings, Amarelo Kurkuma, Cinza Indium, Azul Ravenna e Preto Deep.

Motores TSI com três e quatro cilindros.

Para a fase de lançamento, o T-Roc Cabrio está disponível com dois motores: o 1.0 TSI com 115 CV e o 1.5 TSI com 150 CV. A tração é as rodas dianteiras com caixa manual de seis velocidades. O motor TSI pode ter caixa de dupla embraiagem DSG de sete velocidades. 

Em termos de performances, o 1.0 TSI acelera dos 0-100 km/h em 11,7 segundos, com uma velocidade máxima de 187 km/h. O consumo é de 6,3 l/100 km e as emissões de CO2 de 143 g/km. Já o motor 1.5 TSI permite uma aceleração 0-100 km/h de 9,6 segundos, tocando os 205 km/h. Quanto aos consumos, são de 6,4 litros/100 km com emissões de CO2 de 146 gr/km. Este motor tem o sistema de desativação dos cilindros (ACT), que desliga temporariamente dois cilindros em caso de pouca carga no acelerador.

A gama T-Roc começa no 1.0 TSI 115 cv Style (32.736€), segue-se o 1.5 TSI 150 CV Style (35.756€) e o 1.5 TSI 150 CV DSG R-Line (43.060€).

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)