Volvo deixa cair os seus automóveis de uma altura de 30 metros. Tudo em nome da segurança

By on 13 Novembro, 2020

A Volvo continua a ter na segurança dos seus automóveis uma prioridade. Para além de todos os testes regularmente efetuados no Volvo Cars Safety Centre, recorrendo a automóveis já danificados, e que visam melhorar os procedimentos da equipa e assim salvar vidas, desta vez a marca sueca apostou num teste inédito.

Este consiste em lançar, com a ajuda de um guindaste, vários automóveis novos de uma altura de 30 metros para assim permitir que os serviços de resgate se preparem ainda melhor para os cenários de acidente. O objetivo é simular as forças envolvidas em ambiente controlado.

Assim, foi possível analisar os danos que podem resultar, por exemplo, de uma colisão a alta velocidade ou de um embate contra um camião. Dada a gravidade desse potencial acidente, é importante retirar os ocupantes rapidamente e em segurança e encaminhá-los para o hospital pois estariam, certamente, em estado crítico.

“Esta foi a primeira vez que deixámos cair automóveis de um guindaste pois normalmente utilizávamos apenas colisões em laboratório. Sabíamos que veríamos deformações extremas após o teste, e fizemos isso para dar à equipa de resgate um verdadeiro desafio para trabalhar”, Håkan Gustafson – Senior Investigator – Volvo Cars Traffic Accident Research Team

O estudo resultante deste trabalho de investigação será partilhado gratuitamente com os trabalhadores de todos os serviços de resgate de outras entidades de forma a desenvolverem igualmente as suas capacidades. A utilização de automóveis novos permite um maior desafio devido à resistência do aço, incomparavelmente superior ao utilizado por veículos mais antigos. Durante estes testes foram utilizados 10 Volvo de modelos diferentes.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)