VW apaga publicidade do Golf nas redes sociais considerada racista

By on 21 Maio, 2020

A promoção da oitava geração do Golf parece estar amaldiçoada tal como o software do carro, pois a VW teve de apagar publicidade nas redes sociais porque foi considerada racista.

O pequeno clipe mostra um negro a olhar para o novo Golf, até que aparece uma enorme mão branca que o agarra ela cabeça, leva-o até uma porta de um restaurante onde leva um piparote que o atira lá para dentro.

O nome do restaurante é “Petit Colon”, ou seja, pequeno colonialista, fazendo lembrar que a Alemanha colonizou alguns países em África tendo morto um significativo número deles nesse processo.

Para piorar o cenário, o anúncio exibe a frase “Der Neue Golf” (o Novo Golf) que quando se forma pode-se ler “neger” a palavra germânica para negro. Enfim, este é uma publicidade profundamente infeliz que a Volkswagen ainda teve a coragem de defender até ao ponto em que as críticas forçaram a sua retirada.

Em comunicado, a Volkswagen diz que “compreendemos o desapontamento e a ira na resposta ao vídeo. É evidente que o vídeo está errado e é horrível. Distanciamo-nos totalmente do vídeo e pedimos as mais sinceras desculpas.”

A Volkswagen prometeu uma investigação sobre o processo que levou à aprovação do comercial, acrescentando que “não tolera nenhuma forma de racismo, xenofobia ou discriminação.” Curiosamente, antes desse comunicado, uma nota anterior dizia que a VW “se sentia surpresa e chocada pelo facto de uma história do Instagram ser tão mal interpretada.” Algo se passa no reino da Volkswagen…

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)