VW paga 9 milhões de euros para defender o seu CEO, Herbert Diess

By on 20 Maio, 2020

O grupo Volkswagen aceitou pagar 9 milhões de euros no âmbito de um acordo com um tribunal alemão para arquivar um processo contra o CEO, Herbert Diess.

Um tribunal de Brunswick, situado na Baixa Saxónia, onde está a sede do grupo VW, estava a dirimir uma acusação de manipulação de mercado por parte de Herbert Diess, acusação que se estendia ao presidente do conselho de supervisão, Hans Dieter Poetsch.

No comunicado sobre a situação, o grupo VW reitera a sua crença que as acusações são profundamente infundadas, mas aceitou pagar “porque é no superior interesse do construtor que o processo seja terminado.”

Assim, a multa imposta de 4,5 milhões de euros a cada um dos executivos, será paga pelo grupo VW, sendo mais 9 milhões de euros que se juntam aos mais de 30 mil milhões de euros que a VW já pagou pelo Dieselgate. Recordar que em 2015, quando eclodiu o Dieselgate, Herbert Diess era CEO da marca VW e Hans Peter Poetsch era o diretor financeiro da VW.

Ensaios: consulte os testes aos novos carros feitos pelos jornalistas do Auto+ (Clique AQUI)
Fichas Auto+: consulte as informações técnicas de todos os modelos à venda em Portugal (Clique AQUI)
Pesquisa: procure todos os modelos que pretende através do motor de Pesquisa Auto+ (Clique AQUI)